A crise da Cristandade unitária e seus reflexos na Península Ibérica tardo-medieval

  • Fátima Regina Fernandes Universidade Federal do Paraná; Professora associada IV do Departamento e Programa de História; Coordenadora do Núcleo de Estudos Mediterrânicos (NEMED) e pesquisadora PQ II do CNPq
Palavras-chave: Cisma do Ocidente. Guerra dos Cem Anos. Península Ibérica Medieval.

Resumo

O presente trabalho analisa o Cisma do Ocidente (1378-1422) e seus efeitos no reino português. As opções de D. Fernando ao escolher ora Roma, ora Avignon ultrapassam as preocupações espirituais e ligam-se ao contexto político que se desenrola na Península Ibérica na segunda metade do século XIV. A crise dinástica castelhana leva a Guerra dos Cem Anos a este espaço da Cristandade e com ela os efeitos da fratura da Cristandade latina fomentada pelo antagonismo entre a França e a Inglaterra, opositores nesta guerra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fátima Regina Fernandes, Universidade Federal do Paraná; Professora associada IV do Departamento e Programa de História; Coordenadora do Núcleo de Estudos Mediterrânicos (NEMED) e pesquisadora PQ II do CNPq
Fátima Regina Fernandes é doutora em História Medieval pela Universidade do Porto-Portugal e Professora Associada IV no Departamento e Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná- Brasil, pesquisadora do CNPq e atual Coordenadora do Núcleo de Estudos Mediterrânicos (NEMED) desenvolve sua atividade acadêmico-científica na área de História Medieval Ibérica, Prosopografia medieval, História Sócio-política e História das Instituições. Autora de livros como Fernandes, Fátima. Sociedade e Poder na Baixa Idade Média Portuguesa. Curitiba: Editora da Universidade Federal do Paraná, 2003: 371 e Fernandes, Fátima. Comentários à legislação medieval portuguesa. Curitiba: Juruá editora, 2000: 199. Capítulos de livros como, Fernandes, Fátima. “As relações régio nobiliárquicas na baixa Idade Média portuguesa”.Cuestiones de Historia Medieval, Gerardo Rodríguez. Buenos Aires: Selectus, 2011: 481-504(v. 2). Artigos científicos, Fernandes, Fátima. “A dimensão politica do reino português na segunda metade do século XIV, os matrimônios régios e o ocaso de uma dinastia”. Cuadernos de Historia de España. LXXXV-LXXXVI (2011-2): 199-214 e Fernandes, Fátima. “A metodologia prosopográfica aplicada às fontes medievais: reflexões estruturais”. História da Historiografia. 8 ( 2012): 11-21 dentre outros

Referências

ALMEIDA, Fortunato de. História da Igreja em Portugal. Porto: [Ed. Damião Peres] Portucalense Editora, 1967. v. I. 531p.

Arquivos Nacionais/Torre do Tombo. Chancelaria de D. Fernando. 4 livros (manuscrito).

BAPTISTA, J. César. Portugal e o cisma do Ocidente. Lusitania Sacra, Lisboa, n. 1, p. 64-179, 1956.

SÁ, A. Moreira de. Chartularium Universitatis Portugalensis. Lisboa: Instituto de Alta Cultura, Centro de Estudos de Psicologia e de História da Filosofia, Universidade de Lisboa, 1967. v. I, (1288-1377). 672p.

Cortes Portuguesas. Reinado de D. Fernando I (1367-1383). Lisboa: Centro de Estudos Históricos da Universidade Nova de Lisboa-INIC/JNICT, 1990. 200p.

COSTA, António Domingues de Sousa. Monumenta Portugaliae Vaticana. Braga-Porto: Editorial Franciscana, 1970. v. II. 604p.

COSTA, António Domingues de Sousa. Monumenta Portugaliae Vaticana. Braga-Porto: Editorial Franciscana, 1982. v. III-1. 874p.

FRIGHETTO, Renan; GUIMARÃES, Marcella Lopes (Org.). Instituições, poderes e jurisdições. Curitiba: Juruá/CNPq/NEMED, 2007. p. 137-155.

KNOWLES; OBOLENSKY. Nova História da Igreja. Idade Média. Petrópolis: Vozes, 1983. v. 2. 405p.

LOPES, Fernão. Crónica de D. Fernando. Porto: Civilização, 1966. 527p.

LOPES, Fernão. Crónica de D. João I. Barcelos-Porto: Civilização, 1991. 455p.

LOPEZ DE AYALA, Crónica del Rey Don Juan. In: Crónicas de los Reyes de Castilla. Madrid: Biblioteca de Autores Españoles, 1953.

LOPEZ DE AYALA, Pero. Crónica del Rey Don Pedro y del Rey Don Enrique. Buenos Aires: SECRIT, 1997. v. II. 574p.

MIEHTKE, Jürgen. Las ideas políticas de la Edad Media. Buenos Aires: Biblos, 1993. 218p.

RUNCIMAN, Steven. Visperas Sicilianas: Uma historia del mundo mediterráneo a finales del siglo XIII. Madrid: Alianza Editorial, 1979. 335p.

RUSSELL, P. E. João Fernandes Andeiro at the Court of John of Lancaster: 1371-1381. Revista da Universidade de Coimbra, Coimbra: Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, n. XIV, p. 20-30. 1940.

SANTOS, Fr. Manoel dos. Monarquia Lusitana. 3. ed. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1988. Parte VIII. 800p.

SOUZA, José Antonio de C. R.; BAYONA AZNAR, B. (Org.). Doctrinas y relaciones de poder en el Cisma del Occidente y en la época conciliar (1378-1449). Zaragoza: Prensas de la Universidad de Zaragoza, 2013. 386p.

SOUZA, José Antonio de C. R. de (Org.). As relações de poder: do Cisma do Ocidente a Nicolau de Cusa. Porto Alegre: Edições EST, 2011. 235p.

Publicado
2015-02-19
Como Citar
Fernandes, F. R. (2015). A crise da Cristandade unitária e seus reflexos na Península Ibérica tardo-medieval. Estudos Ibero-Americanos, 40(2), 367-384. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2014.2.19641
Seção
Artigos