Viajantes italianos, imigração e italianidade no Brasil

  • Núncia Santoro de Constantino PUCRS
Palavras-chave: Viajantes italianos, Imigração urbana, Etnicidade

Resumo

Na segunda década do século XX, portanto após o final da Primeira Grande Guerra, viajantes italianos como D´Atri, Bianco, Bonacci, Carrara e Bortolotti visitaram o Brasil e publicaram livros, pretendendo dar conta de suas “impressões” sobre o país. Justificando seus pontos de vista sobre a imigração italiana, fornecem dados à compreensão do fenômeno, por vezes destacando a questão da italianidade, visto ser a mesma por eles desejada. Assim, o estudo pretende analisar aspectos da vida dos imigrantes em cidades brasileiras, entre 1910 e 1926, e as estratégias desenvolvidas para a construção e manutenção de uma identidade entre imigrantes italianos, a partir da palavra desses viajantes-escritores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Núncia Santoro de Constantino, PUCRS
L
Publicado
2012-12-31
Como Citar
Constantino, N. S. de. (2012). Viajantes italianos, imigração e italianidade no Brasil. Estudos Ibero-Americanos. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2012.s.12476