A Colônia do Sacramento vista pelos viajantes (século XVIII)

  • Paulo César Possamai UFPel
Palavras-chave: Viajantes, Colonização, Contrabando

Resumo

Devido à política adotada pela coroa portuguesa a fim de proteger suas colônias da ambição de outras potências, contamos com poucas descrições sobre a Colônia do Sacramento, fortificação edificada em 1680 às margens do Rio da Prata. Por isso a importância dos relatos de viajantes. Foram poucos os que descreveram o entreposto platino, sobretudo clérigos, como o dominicano Domingo de Neyra e os jesuítas Diogo Soares e Florian Paucke. Também deixaram relatos o francês Louis-Antoine de Bougainville e o espanhol Francisco Millau. É através deles que tomamos conhecimento de detalhes que não foram registrados na documentação administrativa, nossa principal fonte de estudo para a pesquisa do cotidiano na Colônia do Sacramento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo César Possamai, UFPel
Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo. Professor do Departamento de História e do PPGH da Universidade Federal de Pelotas.
Publicado
2012-12-31
Como Citar
Possamai, P. C. (2012). A Colônia do Sacramento vista pelos viajantes (século XVIII). Estudos Ibero-Americanos. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2012.s.12466
Seção
Parte IV – Em Tempos de Colônia e de Reino Unido