Os limites do escrito: contratos e relações de trabalho com libertos em Vitória ao final do século XIX

  • Geraldo Antonio Soares UFES
Palavras-chave: Escravidão, Emancipação, Trabalho livre

Resumo

Este trabalho trata de casos de escravos que conseguiram suas alforrias mediante empréstimos e contratos de locação de serviços. Notamos a expectativa de que os que conquistaram a liberdade continuassem a trabalhar como quando eram escravos, o que evidentemente não estava nos planos desses libertos. Concluímos que as experiências históricas examinadas nos permitem o acesso a todo um conjunto de representações sobre o trabalho e sobre o que seria a vida em liberdade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geraldo Antonio Soares, UFES
Doutor em História pela École des Hautes Études en Sciences Sociales – EHESS – Paris; Professor do Departamento de História da Universidade Federal do Espírito Santo.
Publicado
2012-12-31
Como Citar
Soares, G. A. (2012). Os limites do escrito: contratos e relações de trabalho com libertos em Vitória ao final do século XIX. Estudos Ibero-Americanos, 38(2). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2012.2.12390
Seção
Artigos