Dossiê: Mulheres intelectuais: práticas culturais de mediação. Vol. 47, n.3 (setembro-dezembro de 2021)

2020-08-06

Organização: Ângela de Castro Gomes (UNIRIO/UFF), Kaori Kodama (FIOCRUZ) e Patricia Raffaini (UNIFESP). 

O dossiê procura abrir um espaço de reflexão em torno da questão de gênero e da mediação cultural, artística e científica, explorando diferentes aspectos dessas práticas exercidas por mulheres, durante os séculos XIX e XX. A invisibilidade das mulheres bem como o rebaixamento de suas ações intelectuais são uma tônica frequente, que a historiografia atual luta para transformar. As estratégias de reconhecimento de suas práticas culturais são muitas vezes ligadas à atuação na educação ou possuem uma dimensão pedagógica. Parte das protagonistas dessa história não obtiveram posições de prestígio e foram relegadas a um círculo restrito de recepção de seus trabalhos. Outras, atuavam em instituições científicas, culturais ou artísticas frequentemente nos bastidores, apesar de seus trabalhos serem de qualidade e carregados de significado. Seus escritos muitas vezes só chegaram até nós no formato de escritas confessionais como memórias, diários e epistolografia. 

Encerramento das submissões: 15 de janeiro de 2021