A Social Democracia e o Estado de Bem-Estar Social: As políticas públicas de trabalho, emprego e renda e de previdência social na Suécia e Brasil

  • Luiz Felipe Persson

Resumo

Esta monografia apresenta os conceitos de Social Democracia e de Estado de Bem-Estar Social e um histórico de sua origem, evolução e de implantação em vários países da Europa, principalmente no período posterior à Segunda Guerra Mundial. Apresenta, além da retomada da discussão entre social democracia e socialismo democrático, uma síntese das teorias e idéias que nortearam a ideologia política da Social Democracia e as teses que fundamentaram o Estado do Bem-Estar Social (welfare state). A Suécia e o Brasil são analisados sob o ponto de vista histórico, da evolução e dos períodos de poder da social democracia nestes países, bem como as condições sociais, políticas e econômicas em que se encontravam. As políticas públicas de trabalho, emprego e renda e a de previdência social, sueca e brasileira, são analisadas e confrontadas levando-se em consideração o período que se inicia no governo José Sarney e estendendo-se até o segundo mandato do governo Fernando Henrique Cardoso. Ao final, são tecidas as considerações sobre a viabilidade da construção de um modelo social-democrata no país.
Como Citar
Persson, L. F. (2009). A Social Democracia e o Estado de Bem-Estar Social: As políticas públicas de trabalho, emprego e renda e de previdência social na Suécia e Brasil. Revista Da Graduação, 2(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/graduacao/article/view/6069
Seção
Ciências Socias