Plano de Continuidade de Negócios para a empresa ALFA: uma proposta com base na NBR 15999, no ITIL e no COBIT

  • Patrícia Marques da Silveira

Resumo

A cada dia que passa, o mercado de TI tem se tornado cada vez mais competitivo e exigente. Para acompanhar este mercado e atender as exigências e requisitos de clientes, as organizações se veem obrigadas a manter-se atualizadas quanto à tecnologia e aos modelos de melhores práticas que têm sido utilizadas pelas organizações. A empresa ALFA possui o seu negócio na área de TI, onde oferece e presta serviço de testes de software para diversas empresas, onde cada uma delas possui um tipo de software com uma determinada tecnologia e com diferentes requisitos e exigências com relação à entrega dos serviços. Devido à empresa possui uma grande diversidade de clientes, pertencendo eles aos variados setores do mercado, a empresa procura atender a todos os setores oferecendo garantia e qualidade nos serviços. Desta forma, para atender os requisitos do setor bancário, que é um setor do mercado que a ALFA pretende explorar, a empresa verifica a necessidade de um Plano de Continuidade de Negócio (PCN), baseado em práticas e controles de reconhecimento internacional, pois este é um dos requisitos exigidos por este setor. A justificativa deste trabalho é garantir a continuidade do negócio da empresa ALFA com a elaboração de um PCN, fazendo com que a empresa atenda as expectativas de clientes internos e externos, no menor espaço de tempo, em caso de incidente que afete instalações, informações ou pessoas. Desta forma, a empresa mantém-se competitiva e com capacidade de explorar novos setores no mercado de TI, agregando confiabilidade à imagem da organização. Portanto, o objetivo deste trabalho é definir um PCN baseado nas práticas mais utilizadas pelas empresas atualmente, como a metodologia COBIT, as melhores práticas do ITIL e a ISO15999. De forma a atender o objetivo proposto para o trabalho, o método utilizado para orientação da pesquisa foi o estudo de caso, com pesquisa qualitativa. Para a coleta de dados, foi realizada entrevista semiestruturada, observação participante e análise de documentos. As entrevistas ocorreram com quatro funcionários da alta gerência da empresa ALFA e com quatro especialistas em segurança da informação que atuam no mercado de TI. Desta forma, após a análise das entrevistas, observação e análise de documento, foram levantados os requisitos para elaboração da proposta. Entre estes requisitos, foram identificados os recursos das atividades críticas da empresa e para estes recursos foram definidas estratégias de contingência. Como resultados dos estudos, este trabalho propõem dois documentos como forma de gerenciar os incidentes que venham a ocorrer com os recursos da organização. Os documentos foram elaborados conforme o objetivo proposto, sendo utilizadas as informações do ITIL COBIT e ISO15999. Um dos documentos é o Plano de Gerenciamento de Incidentes (PGI) e o outro é o Plano de Continuidade de Negócio (PCN). Com a elaboração destes planos para empresa ALFA, pretende-se que a empresa mantenha-se competitiva no mercado de TI, conquistando novos setores, agregando confiabilidade a imagem da empresa e que continue atendendo as expectativas dos clientes internos e externos com maior confiabilidade.
Como Citar
Silveira, P. M. da. (2009). Plano de Continuidade de Negócios para a empresa ALFA: uma proposta com base na NBR 15999, no ITIL e no COBIT. Revista Da Graduação, 2(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/graduacao/article/view/6065
Seção
Ciências Socias