Avaliação Econômica do uso de Licor Branco Oxidado na Deslignificação

  • Emma Cecilia Leal Mattio
  • Paulo Ernani Bauer

Resumo

O processo de deslignificação consiste em remover a lignina residual da celulose pelo uso de oxigênio em meio alcalino. Atualmente, esta técnica é uma fase padrão do processo de polpação de celulose, pois do ponto de vista da qualidade da polpa comercial produzida, é melhor realizar a deslignificação por oxigênio do que prolongar o cozimento. Como opção economicamente atrativa ao processo, é possível a utilização de licor branco oxidado em substituição à soda cáustica como fonte de álcali para o sistema. Neste trabalho é abordada a possibilidade da substituição mencionada acima, seus pontos negativos e positivos, com ênfase no custo desta etapa de produção. Em decorrência dos resultados obtidos, foi conduzido um estudo mais detalhado da planta de oxidação de licor branco, sugerindo modificações para otimizá-la, com o intuito de melhorar a eficiência da deslignificação.
Publicado
2009-10-26
Como Citar
Mattio, E. C. L., & Bauer, P. E. (2009). Avaliação Econômica do uso de Licor Branco Oxidado na Deslignificação. Revista Da Graduação, 2(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/graduacao/article/view/5970
Seção
Ciências Exatas