Estudo comparativo de dose e qualidade da imagem em exames de tórax realizados em sistemas analógicos e digitalizados

  • Renata Matos da Luz

Resumo

Este trabalho apresenta uma comparação entre imagens radiográficas de tórax, adquiridas através dos sistemas analógico e digitalizado CR para dois tipos de equipamentos geradores de raios X diferentes. A radiografia computadorizada vem se tornando cada vez mais comum na área de radiodiagnóstico. Entretanto a migração de sistemas analógicos para digitalizados requer um estudo específico, visto que ainda são questionadas a qualidade das imagens e a dose geradas neste processo de adaptação. Desta forma, o objetivo desse trabalho foi a análise e comparação da qualidade da imagem e KERMA na entrada e na saída do simulador, nas imagens reproduzidas pelos dois sistemas. Para o desenvolvimento deste trabalho foram utilizados dois equipamentos de raios X de marcas e modelos diferentes, instalados no Setor de Radiologia de um hospital. No momento da realização deste trabalho ambos os sistemas (analógico e digitalizado) estavam sendo utilizados. Como resultado deste trabalho foi observado o aumento na tensão de tubo e/ou carga transportada pelo tubo de raios X quando houve a migração para o sistema CR. Os resultados apresentados mostram uma divergência significativa entre os dois sistemas de aquisição de imagens estudados. As maiores diferenças, aumento de dose e redução da qualidade da imagem, foram observadas no equipamento com retificação de onda de 12 pulsos com utilização de sistema de imagens CR. Palavras-chaves:
Publicado
2009-03-18
Como Citar
Luz, R. M. da. (2009). Estudo comparativo de dose e qualidade da imagem em exames de tórax realizados em sistemas analógicos e digitalizados. Revista Da Graduação, 2(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/graduacao/article/view/5006
Seção
Ciências Exatas