Cefaléia Relacionada à Hemodiálise

  • Luciane Borelli Finatto
  • Simone Renata do Evangelho Valim

Resumo

A incidência de pacientes que realizam tratamento hemodialítico no Brasil vem crescendo. Sabemos que dentre as complicações existentes durante a hemodiálise, cefaléia encontra-se como um dos principais transtornos transdiálise. Este estudo tem como objetivos, estudar a cefaléia relacionada à hemodiálise, identificar sua prevalência e caracteriza-la utilizando os critérios da International Society of Headache (ISH) em pacientes com Doença Renal Crônica (DRC). Estudo de abordagem quantitativa observacional do tipo descritivo. Foram entrevistados 13 pacientes com DRC do serviço de hemodiálise do Hospital São Lucas PUCRS. Sendo 09 do sexo feminino, 04 do sexo masculino, tendo média de idade de 43,7 + 12,4 anos. Todos referiam cefaléia durante a hemodiálise. A cefaléia para a maioria dos pacientes iniciou no meio da diálise, e terminou em até 24 horas para 07 pacientes. Sendo o tipo de dor latejante mais freqüente. Concluímos que a cefaléia referida contempla a definição dada pela International Headache Society.
Como Citar
Finatto, L. B., & Valim, S. R. do E. (2009). Cefaléia Relacionada à Hemodiálise. Revista Da Graduação, 2(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/graduacao/article/view/5001
Seção
Ciências Biológicas