Criação literária por Dyonélio Machado: a gênese de <i>Os Ratos</i>

  • Camilo Mattar Raabe
Palavras-chave: Criação literária. Dyonelio Machado. Crítica psicanalítica.

Resumo

O presente trabalho enfoca o processo de criação literária de Dyonelio Machado, importante escritor sulino do período literário chamado Romance de 30, e a gênese do romance Os ratos. Primeiramente, são analisados os depoimentos do escritor sobre aspectos gerais de seu processo criativo, com fundamentação na crítica psicanalítica, uma vez que o escritor também era médico psiquiatra e apoiava-se em tais concepções ao relatar seu processo criativo. O enfoque psicanalítico é fundamentado pela teoria de Sigmund Freud, usando também de outras fontes, as quais têm como foco a perspectiva freudiana já aplicada à literatura, como Cyro Martins em A criação artística e a psicanálise, e Jean-Bellemin Nöel em Psicanálise e literatura. Numa segunda instância, são abordados os depoimentos do escritor relativos à gênese de Os ratos - seu romance mais conhecido -, também contemplados pelo prisma psicanalítico.

Biografia do Autor

Camilo Mattar Raabe
Gilbertto Keller
Como Citar
Raabe, C. M. (2011). Criação literária por Dyonélio Machado: a gênese de <i>Os Ratos</i>. Revista Da Graduação, 4(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/graduacao/article/view/10087
Seção
Faculdade de Letras