[1]
L. P. de Arruda, “O profissional da saúde e o processo de cura: do doente excluído ao sujeito empoderado”, Textos Contextos (Porto Alegre), vol. 4, nº 1, p. 1-16, out. 2006.