A relação de ajuda e a acção social no contexto universitário: a entrevista de ajuda nos serviços de acção social em Portugal

  • Maria Graça Rafael ISPAL (Portugal)

Resumo

O presente artigo tem como tema “A entrevista de ajuda nos serviços de acção social” e tem como pano de fundo a prática profissional, como Assistente Social nos Serviços de Acção Social da Universidade do Algarve, assim como os trabalhos de investigação e caracterização desenvolvidos. Considerando os objectivos definidos para a Acção Social no ensino superior, pretende-se apresentar uma reflexão sobre a intervenção do Assistente Social, no âmbito das suas competências ao nível da Acção Social, assumindo-se a perspectiva de que o Assistente Social nos Serviços de Acção Social não deve limitar-se à “assistência social”, mas deve, para além disso, ser o “facilitador” de um processo de desenvolvimento e de crescimento do estudante. Nesta perspectiva, a Entrevista na Acção Social, mais do que um “instrumento” técnico utilizado para a atribuição de benefícios sociais, deve permitir identificar, prevenir e apoiar o aluno, na resolução dos seus problemas e dificuldades psicossociais, ou seja, deve permitir o estabelecimento de uma Relação de Ajuda.

Palavras-chave – Entrevista de ajuda. Acção social. Estudante universitário. Relação de ajuda.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-12-19
Como Citar
Rafael, M. G. (2007). A relação de ajuda e a acção social no contexto universitário: a entrevista de ajuda nos serviços de acção social em Portugal. Textos & Contextos (Porto Alegre), 6(2), 252-263. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fass/article/view/2316
Seção
A inovação e a tradição nas competências profissionais do Assistente Social