A Pesquisa do Serviço Social em Portugal: evidências e provocações / The Research of Social Work in Portugal: evidences and challenges

  • Maria Irene Carvalho ULHT
Palavras-chave: Serviço Social, Pesquisa, Conhecimento, Oportunidades, Adversidades

Resumo

Neste ensaio assumimos que o Serviço Social tem um conhecimento próprio, produzido ao longo da sua trajetória como profissão. Esse conhecimento tem sido produzido no sistema de ensino graduado (licenciatura), ensino pós-graduado (mestrados e doutoramentos) e através das práticas profissionais, e recentemente também em pesquisas desenvolvidas no âmbito de projetos de investigação nacionais e transnacionais. Pretendemos destacar de uma forma geral as configurações do conhecimento do Serviço Social em Portugal produzido no sistema de ensino, graduado e pós-graduado. Distinguimos num primeiro momento, a pesquisa realizada no âmbito ensino graduado – licenciatura - sobretudo ao nível dos estágios académicos, e em unidades curriculares fundamentais e complementares que integram os planos curriculares dos cursos de Serviço Social e em pesquisas realizadas em programas de mestrado e doutoramento e publicadas sobretudo sob a forma de livro. Identificamos os contributos de algumas revistas em Serviço Social e outras publicações de relevo, e consideramos a importância da pesquisa desenvolvida em centros de investigação e destacamos as oportunidades e as adversidades no que diz respeito ao reconhecimento do Serviço Social como conhecimento autónomo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Irene Carvalho, ULHT
Assistente Social, Docente em Serviço Social na ULHT. Doutorada em Serviço Social.
Publicado
2014-12-30
Como Citar
Carvalho, M. I. (2014). A Pesquisa do Serviço Social em Portugal: evidências e provocações / The Research of Social Work in Portugal: evidences and challenges. Textos & Contextos (Porto Alegre), 13(2), 325 - 336. https://doi.org/10.15448/1677-9509.2014.2.19276
Seção
Ensino e Formação