1.
Carel M. Para uma análise argumentativa da temporalidade: o exemplo de quando. Let. Hoje (Online) [Internet]. 3º de dezembro de 2015 [citado 13º de junho de 2024];50(3):255-66. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/21120