1.
Bordini M da G. Esconderijos do tempo: Onde o poeta finge singelamente. Let. Hoje (Online) [Internet]. 29º de maio de 2014 [citado 13º de julho de 2024];19(1). Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/17518