[1]
J. M. López-Muñoz e T. M. Gonçalves, “Ethos e cenografia da Voice for Men – Brasil: uma exploraçao do discurso intimidatório na internet”, Let. Hoje (Online), vol. 53, nº 3, p. 340-351, dez. 2018.