O “Trabalho Poético” de Carlos de Oliveira

  • Letícia Valandro UFRGS
Palavras-chave: Poesia, Carlos de Oliveira, Neorrealismo, Portugal

Resumo

O presente trabalho visa analisar a poesia de Carlos de Oliveira, escritor neo-realista português, ressaltando, sobretudo, a presença da realidade e de sua consciência da realização poética como trabalho oficinal. Como poeta neo-realista, primeiramente se apresenta uma reflexão sobre o período histórico, suas características e implicações. A seguir, realiza-se uma apresentação da poética de Carlos de Oliveira, poeta e romancista que parte da realidade para compor suas obras. Através da análise de alguns poemas de Trabalho Poético, antologia de poemas escolhidos e reescritos por ele mesmo, pode-se perceber claramente como a realidade e a consciência sobre o fazer poético aparecem e têm relevância em sua obra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Valandro, UFRGS
Graduada em Letras pela UFRGS. Mestranda do Programa de Pós-graduação em Letras da UFRGS e bolsista CAPES.
Publicado
2011-09-29
Como Citar
Valandro, L. (2011). O “Trabalho Poético” de Carlos de Oliveira. Letras De Hoje, 46(3), 88-96. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/7509