Deslocamento de acento na aquisição da língua inglesa como segunda língua

  • Ana Paula Kuczmynda da Silveira UFSC/IFSC
Palavras-chave: Aquisição de segunda língua, Processos de transferência, Estrutura silábica, Formação do professor

Resumo

Este trabalho teve como objetivo contemplar a questão do deslocamento do acento na aquisição de segunda língua (L2). Para tanto, partiu-se da análise de um corpus constituído pelas produções que os indivíduos pesquisados (dez alunos do ensino médio e cinco professores) realizaram para oito palavras da língua inglesa assinaladas pela questão da modificação do padrão acentual por falantes que têm como primeira língua (L1) o português brasileiro. Percebeu-se que o deslocamento parece ser motivado por processos de transferência da estrutura silábica em L1 para comunicar-se em L2, o que pode ser representado por um modelo autosegmental. Os dados parecem apontar na direção de que a ausência ou ineficácia de insumo fornecido ao aluno, parece responder pelas dificuldades na aquisição e produção de L2 em sua modalidade oral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Kuczmynda da Silveira, UFSC/IFSC
Graduada em Letras Inglês/Português e respectivas Literaturas pela Universidae Regional de Blumenau. Mestre em Linguística pela UFSC e atualmente doutoranda vinculada ao Programa de Pós-graduação em Linguística da UFSC na área de Linguística Aplicada. Professora efetiva do Instituto Federal de Santa Catarina.
Publicado
2011-08-19
Como Citar
Silveira, A. P. K. da. (2011). Deslocamento de acento na aquisição da língua inglesa como segunda língua. Letras De Hoje, 46(2), 104-112. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/7230