Performãe – 1° capítulo

  • Maria Fernanda Garbero Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Resumo

---

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Fernanda Garbero, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Graduada em Letras- Português/Literaturas pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2002), mestra em Teoria Literária pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2005) e doutora em Literatura Comparada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com a tese Las Madres de Plaza de Mayo: à memória do sangue, o legado ao revés? (em preparação para publicação em livro). Tem grande parte de suas pesquisas centrada em produções escritas por mulheres, dedicando-se, sobretudo, à compreensão da formação de atores políticos que romperam com as expectativas da esfera privada (óikos) para, de perspectivas diversas, escandalizar a cena pública (pólis). Desde 2010, é professora Adjunta de Literatura na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e pesquisadora do Centro de Investigación Historia de Madres, em Buenos Aires. Seu projeto de pesquisa atual se intitula "Do útero ao subsolo: maternidade e bastardia nas representações míticas e composições identitárias dos jogos de rasura", no qual propõe uma leitura das experiências de maternidade na literatura contemporânea, em diálogo com a tragédia grega.

 

Publicado
2017-11-22
Como Citar
Garbero, M. F. (2017). Performãe – 1° capítulo. Letras De Hoje, 52(2), 260-267. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2017.2.26052