A Babilônia de cambiáveis jogos identitários: contradição de vozes, estilhaçar de faces

  • Tatiana Prevedello Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Representação, Identidade, Alteridade, Ficção, Hermenêutica

Resumo

O romance Ontem não te vi em Babilónia, de António Lobo Antunes, ao propor um questionamento sobre a natureza da representação identitária das personagens convida o leitor a refletir a respeito da atividade de criação textual. Nesse âmbito, ao mesmo tempo em que a alteridade dos sujeitos ficcionais passa por um simultâneo processo de afirmação e negação, no qual o “eu” está em constante tensão com o “outro” ou o “não-eu”, a voz narrativa também se apresenta como uma instância criadora vulnerável às instabilidades e limitações decorrentes do trabalho de produção da escrita literária. A proposta da presente reflexão é, portanto, discutir os mecanismos que engendram a hermenêutica da ficção contemporânea, a qual compreende as identidades narrativas como múltiplas, instavéis e em constante processo e (re)elaboração.

********************************************************************

A Babilônia de cambiáveis jogos identitários:
contradição de vozes, estilhaçar de faces

Abstract: The novel Didn't see you in Babylon yesterday, by António Lobo Antunes, to propose a question about the nature of identity representation of characters invites the reader to reflect about the activity of textual creation. In this context, while the otherness of fictional individuals are in a simultaneous process of affirmation and negation, in which the “I” is in constant tension between the “other” or “non-self”, the narrative voice is also presented as a creative instance, but susceptible to instabilities and limitations of literary writing work. The purpose of this reflection is, therefore, discuss the mechanisms that engender the hermeneutics of contemporary fiction, which understand the  narrative identities as multiple, unstable and in constant process of (re) development.


Keywords: Representation; Identity; Otherness; Fiction; Hermeneutics


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiana Prevedello, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Doutora em Letras (Área de Concentração: Estudos de Literatura / Literaturas Portuguesa e Luso-Africanas) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (2014), com estágio de doutorado-sanduíche na Universidade de Lisboa (2013-2014). Dedica-se ao estudo da hermenêutica da escrita, direcionado, sobretudo, ao trabalho filosófico de Paul Ricoeur e às relações entre tempo, alteridade, memória, história e mimese na Literatura Portuguesa Contemporânea. 

Referências

ANTUNES, António Lobo. Ontem não te vi em Babilónia. Lisboa: Dom Quixote, 2006.

BORGES, Jorge Luís. Las ruinas circulares. In: ______. Ficciones. Buenos Aires: Emecé, 1986.

CAMMAERT, Felipe. Dois autores em busca de personagens: a personagem criadora de ficção em António Lobo Antunes e Julio Cortázar. In: OLIVEIRA, Anabela Dinis Branco de (Org.). Espelhos, uma fisga... e poesia. Doutoramento Honoris Causa António Lobo Antunes, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 2008.

FERNANDES, João Santos. A PIDE/DGS e a censura colonial. In: TEIXEIRA, Rui de Azevedo. A guerra colonial: realidade e ficção. Lisboa: Notícias, 2001.

GIL, José. Fechamento e linhas de fuga em Lobo Antunes. In: CAMMAERT, Felipe (Org.). António Lobo Antunes: a arte do romance. Lisboa: Texto, 2011.

LACAN, Jacques. O estádio do espelho como formador da função do eu tal como nos é revelado na experiência psicanalítica. In: ______. Escritos. Trad. Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

MEIRELES, Cecília. Mulher ao espelho. In: ______. Flor de poemas. Rio de Janeiro: Record, 2003. p. 127.

PIMENTEL, Irene Flunser. A história da PIDE. Lisboa: Temas e Debates, 2007.

PIRANDELLO, Luigi. Seis personagens à procura de um autor. São Paulo: Nova Cultural, 2003.

RICOEUR, Paul. O si-mesmo como um outro. Trad. Lucy

Moreira Cesar. Campinas: Papirus, 1991.

SEIXO, Maria Alzira. Os romances de António Lobo Antunes. Lisboa: Dom Quixote, 2002.

SEIXO, Maria Alzira (Coord.). Dicionário da obra de António Lobo Antunes. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 2008. Vol. 1.

SEIXO, Maria Alzira (Coord.). Dicionário da obra de António Lobo Antunes.

Publicado
2016-12-31
Como Citar
Prevedello, T. (2016). A Babilônia de cambiáveis jogos identitários: contradição de vozes, estilhaçar de faces. Letras De Hoje, 51(4), 509-518. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2016.4.23605