Estratégias de enfrentamento utilizadas pela equipe de enfermagem de um CTI adulto perante situações de estresse

  • Emanuelle Graziottin Colossi Hospital Moinhos de Vento
  • Mariana Calesso-Moreira Hospital Moinhos de Vento
  • Adolfo Pizzinato PUCRS
Palavras-chave: adaptação psicológica, enfermagem, cuidados intensivos

Resumo

Introdução: Para os profissionais da saúde lidar com situações de estresse, como por exemplo, a eminência da morte dos pacientes, parece ser uma das maiores dificuldades vividas em sue ambiente de trabalho. Frente a este contexto, cada pessoa lança mão de estratégias próprias para o enfrentamento de situações estressantes (coping), as quais são determinadas pelo ambiente e por características de personalidade. Objetivo: Identificar as estratégias de enfrentamento (coping) dos profissionais de enfermagem de um CTI adulto diante de situações estressantes inerentes a sua profissão. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo descritivo transversal, no qual foi aplicado o Inventário COPE, em trinta e oito técnicos de enfermagem e/ou enfermeiros. Os dados do inventário foram analisados em termos descritivos. Resultados: As estratégias de enfrentamento mais utilizadas foram as relacionadas à capacidade pró-ativa do sujeito (reinterpretação positiva, coping ativo e busca por suporte social) e as menos utilizadas foram as relacionadas às emoções (foco nas emoções e humor). Conclusão: Na amostra estudada, os profissionais buscam estratégias que antecedam as dificuldades inerentes a sua prática diária, isolando os aspectos mais irrelevantes dos estressores e focalizando a atenção no resultado de suas ações, o que permite uma melhor percepção de seu trabalho e o sentimento de realização profissional.

Biografia do Autor

Emanuelle Graziottin Colossi, Hospital Moinhos de Vento
Psicóloga. Especialista em Psicologia Hospitalar pelo Hospital Moinhos de Vneto
Mariana Calesso-Moreira, Hospital Moinhos de Vento
Mariana Calesso-Moreira: Psicóloga (PUCRS), Mestre em Psicologia Clínica (PUCRS) e Doutora em Psicopatologia (UAB - Universirtat Autònoma de Barcelona). Psicóloga assistencial do Hospital Mionhos de Vento (HMV - POA).
Adolfo Pizzinato, PUCRS
Psicólogo, Doutor em Psicologia da Educação e professor da Faculdade de Psicologia da PUCRS – Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Publicado
2011-09-06
Seção
Artigos Originais