[1]
M. I. Marcondes e M. A. Flores, “O autoestudo e as abordagens narrativo-biográficas na formação de professores”, Educação (Porto Alegre, Online), vol. 37, nº 2, p. 297-306, ago. 2014.