A mulher bancária: doenças ocupacionais, profissão e família

  • Ana Flávia Cannes Balestreri Viegas

Resumo

Neste artigo, pretende-se demonstrar as transformações pelas quais a categoria bancária vem passando, bem como uma trajetória da mulher bancária, a qual vem sofrendo imensamente as consequências destas, pelo fato de querer conciliar família e profissão. O artigo traz também, para conhecimento, algumas considerações sobre as doenças ocupacionais, que são cada vez mais frequentes e temidas pelos bancários, e uma breve descrição do apoio prestado por parte do Sindbancários à categoria profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-05-14
Como Citar
Viegas, A. F. C. B. (2010). A mulher bancária: doenças ocupacionais, profissão e família. Conversas & Controvérsias, 1(1), 4-18. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/conversasecontroversias/article/view/6866
Edição
Seção
Artigos Livres