Morte violenta de mulheres: uma análise acerca das ocorrências de feminicídios na cidade de Santa Maria/RS

Palavras-chave: violência de género, feminicídio, mulheres.

Resumo

O presente trabalho propõe um estudo socioantropológico, que busca informar o debate em torno dos dados mais recentes sobre a violência de gênero. Este estudo analisa e tem como objetivo capturar o fenômeno da violência de gênero, que resulta em crimes de feminicídio na cidade de Santa Maria / Rio Grande do Sul - Brasil no período de 2006 a 2012. As violências de gênero têm cada vez mais apresentando-se como o tema de fatores espaciais e da vida das mulheres que vivem em áreas urbanas ou rurais. Neste contexto, a violência de gênero aparece fenômeno multiforme e aprofundada pelo fenômeno da violência psicológica e física. Tratar das taxas de feminicídio contra as mulheres demonstram a face mais agravada da violência. Como metodologia será utilizado um construto de fonte primária de dados, um jornal diário de circulação local chamado A Razão, com base no qual se buscou construir algumas tipologias em relação à violência de gênero no caso feminicídios contra mulheres na cidade de Santa Maria no período de 2006 a 2012. Esse período temporal foi selecionado, pois é o período de experiência da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher na cidade de Santa Maria e criação da Lei Federal Nº 11.340/ 2006, mais conhecida como Lei Maria da Penha. No período foram registrados 26 homicídios contra mulheres, onde a mulher é a vítima e o homem é o agressor, no caso o assassino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suelen Aires Gonçalves, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria (2013). Atualmente é mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PPGCS/PUCRS) e integrante do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas de Segurança e Administração da Justiça Penal (GPESC/PUCRS). Na graduação, foi bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica- PROBIC/FAPERGS-2011 no projeto:" Medo do Crime: Delimitação de um construto para avaliação de risco real e risco percebido de vitimização criminal em Santa Maria-RS. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Ciências Humanas, atuando principalmente nos seguintes temas: violência, midia, homicídios, crime, violência de gênero, feminicídios e políticas públicas
Publicado
2017-04-09
Como Citar
Gonçalves, S. A. (2017). Morte violenta de mulheres: uma análise acerca das ocorrências de feminicídios na cidade de Santa Maria/RS. Conversas & Controvérsias, 3(2), 88-108. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/conversasecontroversias/article/view/25546
Seção
Dossiê - Violência e Sociedade: diferentes perspectivas