[1]
A. Honneth, “As enfermidades da sociedade: Aproximação a um conceito quase impossível”, Civitas, vol. 15, nº 4, p. 575-594, mar. 2016.