[1]
R. G. Carneiro e F. B. Ribeiro, “Partos, maternidades e políticas do corpo”, Civitas, vol. 15, nº 2, p. 181-189, set. 2015.