A sociologia no Brasil e a interdisciplinaridade nas ciências sociais

  • Jacob Carlos Lima USP
  • Soraya Maria Vargas Cortes Ufrgs
Palavras-chave: Sociologia no Brasil. Ciências Sociais no Brasil. Pós-graduação no Brasil. Interdisciplinaridade.

Resumo

A interdisciplinaridade na Sociologia é constituinte de sua formação como disciplina acadêmica. Essa característica estimula a discussão sobre suas especificidades teórico-metodológicas, a formação de uma cultura disciplinar e ao debate corporativista sobre quais seriam as particularidades de seu campo de conhecimento. A ciência síntese, proposta por Comte, desde seu início, incorporou as contribuições das outras ciências humanas e mesmo das chamadas ciências duras. No Brasil, a Sociologia surge como sinônimo de ciências sociais. Antropologia, Ciência Política e Sociologia conviveram em um mesmo campo construindo espaços comuns de discussão ao mesmo tempo em que paralelamente fortaleciam-se as trajetórias disciplinares. A partir dos anos 1990 houve a expansão da pós-graduação brasileira, o crescimento de cursos de graduação e pós-graduação, assim como a consolidação das associações profissionais nas três áreas disciplinares das ciências sociais. Ocorreu ainda a ampliação da formação pós-graduada interdisciplinar em ciências sociais que incorpora as contribuições da Economia, da História, da Geografia e de outras disciplinas afins. Temos como argumento central deste artigo que, embora a interdisciplinaridade apresente-se como o futuro da investigação científica e imponha limites aos excessos da especialização, paradoxalmente, a solidez disciplinar torna a interdisciplinaridade mais efetiva. Analisamos esse processo no Brasil, focalizando a formação pós-graduada em Sociologia e em Ciências Sociais, utilizando os dados disponibilizados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (Capes), do Ministério da Educação do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jacob Carlos Lima, USP
Jacob C. Lima é doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo e realizou pós-doutorado no Department of Urban Studies and Development do Massachussetts Institute of Technology; é professor de Sociologia na Universidade Federal de São Carlos, em São Carlos, SP, Brasil, e Coordenador da Área de Sociologia na Capes. Atua em pesquisas nas áreas de Sociologia do Trabalho, Econômica e do Desenvolvimento
Soraya Maria Vargas Cortes, Ufrgs
Soraya Vargas Cortes é doutora em Social Policy pela London School of Economics and Political Science; é professora de Sociologia na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, RS, Brasil, Coordenadora Adjunta da área de Sociologia da Capes e presidente da Sociedade Brasileira de Sociologia. Concentra a docência e pesquisa na área de Sociologia Política, particularmente em políticas públicas e processos participativos na gestão pública
Publicado
2014-03-03
Como Citar
Lima, J. C., & Cortes, S. M. V. (2014). A sociologia no Brasil e a interdisciplinaridade nas ciências sociais. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 13(3), 416-435. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2013.3.16522