1.
Seifert J. A vontade como perfeição pura e a nova concepção não-eudemonística do amor segundo Duns Scotus. Veritas [Internet]. 30º de agosto de 2005 [citado 14º de abril de 2024];50(3). Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/index.php/veritas/article/view/1802