Dispositivi della Normatività

Normalização e biopolítica na obra de Antonio Tucci

Palavras-chave: Normalização, Dispositivos de segurança, Soberania, Governamentalidade, Biopolítica

Resumo

O presente texto constitui-se como resenha do livro Dispositivi della Normatività, de Antonio Tucci, professor da Università degli Studi di Salerno, Itália. Ao longo da obra, Tucci joga luzes sobre a questão da norma, da normalização e dos dispositivos de segurança, inserindo temas como o da soberania — referente às questões fronteiriças —, da identidade e da cidadania —, ao abordar questões relacionadas aos processos de subjetivação e à necessária reespacialização do espaço político, em um panorama da governamentalidade biopolítica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Augusto Jobim do Amaral, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutor em História do Pensamento (Coimbra, Portugal) e Doutor em Ciências Criminais pela Pontifícia Universidade do Rio Grande do Sul (PUCRS). Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências Criminais da PUCRS; professor do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUCRS.

José Luís Ferraro, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutor em Educação (PUCRS). Professor dos Programas de Pós-Graduação em Educação e Educação em Ciências e Matemática da PUCRS. Doutorando em Ciências Criminais no Programa de Pós-Graduação em Ciências Criminais da PUCRS.

Referências

TUCCI, Antonio. Dispositivi dela Normatività. Torino: G. Giappichelli Editore, 2018.

Publicado
2021-06-17
Como Citar
do Amaral, A. J., & Ferraro, J. L. (2021). Dispositivi della Normatività: Normalização e biopolítica na obra de Antonio Tucci. Veritas (Porto Alegre), 66(1), e40228. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2021.1.40228
Seção
Resenhas de livros/mídia