Cosmologias de antípodas

Platão e Nietzsche

Palavras-chave: Platão, Nietzsche, Teleologia, Cosmologia, Ética

Resumo

Nietzsche colocou-se como um antípoda a Platão. Mas em questões cosmológicas, o eterno retorno nietzschiano tem também alguns pontos em comum à cosmologia platônica descrita no Timeu. A finitude espacial, a ciclicidade cósmica e a ética cosmológica dizem respeito às semelhanças, já a infinitude temporal, a teleologia e a necessidade afastam os filósofos. Então, neste trabalho, aponto proximidades e afastamentos entre os dois filósofos em questões cosmológicas, além de sugerir alguma atualidade de suas concepções em relação à nossa ciência. Como veremos, a relação entre ética e cosmologia ainda se mostra atual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliano C. S. Neves, Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL), Poços de Caldas, MG, Brasil.

Doutor e mestre em física pela Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo, SP, Brasil. Professor visitante na Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL), Poços de Caldas, MG, Brasil.

Referências

ADE, P. A. R. et al. (Planck Collaboration). Planck 2015 Results XIII: Cosmological Parameters. Astronomy and Astrophysics, [S. I.], v. 594, A13, p. 1-63, 2016. Disponível em: https://www.aanda.org/articles/aa/abs/2016/10/aa25830-15/aa25830-15.html. Acesso em: 1 maio 2020.

ARISTÓTELES. Physics III and IV. Tradução de E. Hussey. Oxford: Clarendon Press, 1983.

ARISTÓTELES. Metafísica. Tradução de Giovanni Reale e Marcelo Perine. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

BRAGUE, R. O Tempo em Platão e Aristóteles. Tradução de Nicolás Nyimi Campanário. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

BRANDENBERGER, R.; PETER, P. Bouncing Cosmologies: Progress and Problems. Foundations of Physics, [S. I.], v. 47, n. 6, p. 797-850, 2017. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10701-016-0057-0.Acesso em: 1 maio 2020.

BRISSON, L. A “Matéria” e a “Necessidade” no Timeu de Platão. Hypnos, São Paulo, v. 28, p. 18-30, 2012.

BRUSH, S. The Kind of Motion we call Heat: a History of Kinetic Theory of Gases in the 19th Century. Amsterdam: Elsevier Science: Publishers B. V., 1976. v. I, II.

CALDWELL, R. R., KAMIONKOWSKI, M.; WEINBERG, N. N. Phantom Energy and Cosmic Doomsday. Physical Review Letters, [S. I.], v. 91, n. 7, p. 071301, 2003. Disponível em: https://journals.aps.org/prl/abstract/10.1103/PhysRevLett.91.071301. Acesso em: 1 maio 2020.

CARONE, G. R. A Cosmologia de Platão e suas Dimensões Éticas. Tradução de Edson Bini. São Paulo: Edições Loyola, 2008.

D’IORIO, P. The Eternal Return: Genesis and Interpretation. The Agonist, New York, v. 4, p. 1-43, 2011.

EINSTEIN, A. Die Feldgleichungen der Gravitation. Sitzungsberichte der Preussischen Akademie der Wissenschaften zu Berlin, Berlin, v. 1915, p. 844-847, 1915.

HERÁCLITO. Fragmentos. Tradução de José Cavalcante de Souza. In: de SOUZA. Os Pré-Socráticos. São Paulo: Editora Nova Cultural, 2005. p. 81-116.

JAMMER, M. Concepts of Force. New York: Dover Publications Inc., 1999.

KANT, I. Crítica da Razão Pura. Tradução de Fernando Costa Mattos. Petrópolis: Editora Vozes; Bragança Paulista: Editora Universitária São Francisco, 2015.

KANT, I. Crítica da Faculdade de Julgar. Tradução de Fernando Costa Mattos. Petrópolis: Editora Vozes; Bragança Paulista: Editora Universitária São Francisco, 2016.

KRUEGER, J. Nietzschean Recurrence as a Cosmological Hypothesis. Journal of the History of Philosophy, [S. I.], v. 16, n. 4, p. 435-444, 1978.

MARTON, S. O Eterno Retorno do Mesmo: Tese Cosmológica ou Imperativo Ético? In: MARTON. Extravagâncias: Ensaios Sobre a Filosofia de Nietzsche. 3. ed. São Paulo: Discurso Editorial: Editora Barcarolla, 2009. p. 85-118.

MARTON, S. Nietzsche: das Forças Cósmicas aos Valores Humanos. 3. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

MASON, A. Plato on Necessity and Chaos. Philosophical Studies, [S. I.], v. 127, p. 283-298, 2006. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs11098-005-4959-5. Acesso em: 1 maio 2020.

MIGLIORI, M. O Problema da Geração no Timeu. In: GAZOLLA, R. (org.). Cosmologias: Cinco Ensaios sobre Filosofia da Natureza. São Paulo: Paulus, 2008. p. 13-46.

MÜLLER-LAUTER, W. A Doutrina da Vontade de Poder em Nietzsche. Tradução de Oswaldo Giacoia Jr. São Paulo: Annablume, 1997.

NEHAMAS, A. The Eternal Recurrence. The Philosophical Review, [S. I.], v. 89, n. 3, p. 331-356, 1980.

NEVES, J. O Eterno Retorno Hoje. Cadernos Nietzsche, São Paulo, v. 32, p. 283-296, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cniet/a/9zQpnHg4gpPXVWttQ8dWpPq/?lang=pt. Acesso em: 1 maio 2020.

NEVES, J. Cosmologia Dionisíaca. Cadernos Nietzsche, São Paulo, v. 36, n. 1, p. 267-277, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cniet/a/L8y6TyfbmqpL5dqmSnqcYNp/abstract/?lang=pt. Acesso em: 1 maio 2020.

NEVES, J. Nietzsche for Physicists. Philosophia Scientiæ, [S. I.], v. 23, n. 1, p. 185-201, 2019a. Disponível em: https://journals.openedition.org/philosophiascientiae/1855. Acesso em: 1 maio 2020.

NEVES, J. Infinities as Natural Places. Foundations of Science, [S. I.], v. 24, n.1, 2019, p. 39-49, 2019b. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs10699-018-9556-0. Acesso em: 1 maio 2020.

NEVES, J. Proposal for a Degree of Scientificity in Cosmology. Foundations of Science, [S. I.], v. 25, n. 3, p. 857-878, 2020a. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10699-019-09620-9. Acesso em: 1 maio 2020.

NEVES, J. A Fuzzy Process of Individuation. The Journal of Mathematical Sociology, [S. I.], v. 44, n. 2, 2020, p. 90-98, 2020b. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/0022250X.2019.1652908?journalCode=gmas20.Acesso em: 1 maio 2020.

NIETZSCHE, F. Sämtliche Werke. Kritische Studienausgabe. Berlin: Walter de Gruyter, 1978.

NIETZSCHE, F. Humano Demasiado Humano. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

NIETZSCHE, F. A Gaia Ciência. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

NIETZSCHE, F. Além do Bem e do Mal. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

NIETZSCHE, F. Genealogia da Moral. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

NIETZSCHE, F. Ecce Homo. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

NIETZSCHE, F. Crepúsculo dos Ídolos. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

NIETZSCHE, F. Fragmentos do Espólio: Primavera de 1884 a Outono de 1855. Tradução de Flávio Kothe. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2008.

NIETZSCHE, F. Fragmentos Finais. Tradução de Flávio Kothe. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2002.

NIETZSCHE, F. Obras Incompletas. Tradução de Rubens Rodrigues Torres Filho. São Paulo: Editora 34, 2014.

NOVELLO, M.; PEREZ BERGLIAFFA, S. E. Bouncing Cosmologies. Physics Reports, [S. I.], v. 463, p. 127-213, 2008. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0370157308001373?via%3Dihub. Acesso em: 1 maio 2020.

NOVELLO, M. Do Big Bang ao Universo Eterno. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

PEARSON, K. A. Nietzsche’s Brave New World of Force: On Nietzsche’s 1873 “Time Atom Theory” Fragment and the Matter of Boscovich’s Influence on Nietzsche. Journal of Nietzsche Studies, [S. I.], v. 20, p. 5-33, 2000.

PLATÃO. Diálogos V: Timeu. Tradução de Edson Bini. Bauru: Edipro, 2010.

PLATÃO. Timeu-Crítias. Tradução de Rodolfo Lopes. Coimbra: Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos, 2011.

RUBIRA, L. Nietzsche: do Eterno Retorno do Mesmo à Transvaloração de Todos os Valores. São Paulo: Discurso Editorial: Barcarolla, 2010.

SIMONDON, G. The Genesis of the Individual. In: CRARY, J.; KWINTER, S. (ed.). Incorporations (Zone 6). Tradução de Mark Cohen, Sanford Kwinter. New York: Zone Books, 1992. p. 297-319.

WALD, R. M. General Relativity. Chicago: The University of Chicago Press, 1984.

WEINBERG, S. Cosmology. Oxford: Oxford University Press, 2014.

WHITLOCK, G. Roger J. Boscovich and Friedrich Nietzsche: A Re-Examination. In: BABICH, B.E. (org.). Nietzsche, Epistemology, and Philosophy of Science. London: Kluwer Academic Publishers, 1999. p. 187-201.

Publicado
2021-10-27
Como Citar
Neves, J. C. S. (2021). Cosmologias de antípodas: Platão e Nietzsche. Veritas (Porto Alegre), 66(1), e37956. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2021.1.37956
Seção
Epistemologia & Filosofia da Linguagem