Richer de Reims e suas Histórias: a construção narrativa – a estética como instrumento retórico (século X).

Palavras-chave: Richer de Reims, Estética narrativa medieval, Retórica medieval, Quatro livros de História.

Resumo

O presente artigo objetiva discutir como Richer de Reims (941-998), monge beneditino do século X, compôs um relato histórico baseando na construção narrativa totalmente ligada ao aparato estético com instrumento retórico. A partir de sua formação clássica, organizada pelo Abade Gerbert d’Aurillac (futuro papa Silvestre II), Richer constrói um texto de Histórias (Os quatro livros de História) que compõe uma narrativa a partir de uma fórmula estética particular, que é a “reescrita”, ou “criação”, dos diálogos dos diversos personagens que aparecem no relato; com isso, faz com que as supostas “vozes” de seus personagens ajudem-no na legitimação, política ou intelectual, daqueles para quem ele deixa transparecer sua preferência.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Bassi, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS

Graduado em História (UFPR); especialista em História Cultural (UTP) e Filosofia Contemporânea (IMED); mestre em História (UFRGS) e mestrando em Letras (PUCRS); doutor em História (UNICAMP).

Referências

BARTHÉLEMY, Dominique. A Cavalaria: da Germânia antiga à França do século XII. Campinas: Editora da Unicamp, 2010.

BOUCHARD, Constance B. Feudalism, Cluny, and the Investiture Controversy. In.: BLANKS, David; FRASSETTO, Michael; LIVINGSTONE, Amy. Medieval monks and their world: ideas and realities. Leiden/Boston: Brill, 2006. https://doi.org/10.1163/9789047411369_007

CÍCERO, Marco Túlio. Retórica a Herênio. Tradução e introdução de Ana Paula Celestino Faria e Adriana Seabra. São Paulo: Hedra, 2005.

GEARY, Patrick J. Phantoms of Remembrance. Memory and Oblivion at the End os the First Millenium. Princeton, New Jersey: Princeton University Press, 1994.

GINZBURG, Carlo. Sinais. Raízes de um paradigma indiciário. In: GINZBURG, Carlo. Mitos, Emblemas, Sinais. São Paulo: Companhia das Letras, 1989. p. 143-179.

GLENN, Jason. Politics and History in the Tenth Century: The work and world of Richer of Reims. Cambridge: Cambridge University Press, 2004.

GUADET, Joseph (tr.). Histoire de son temps. Paris, Societé de l’histoire de France, 1845. 2 v.

GUENÉE, Bernard. Histoire et culture historique dans l’Occident médiéval. Paris: Aubier, 1980.

LAKE, Justin (ed./tr.). Richer of Saint-Rémi. Histories. Dumbarton Oaks Medieval Library, Harvard University Press, 2011. 2 v.

LAKE, Justin. Gerbert of Aurillac and the Study of Rhetoric in Tenth-Century Rheims. The Journal of Medieval Latin, Toronto, v. 23, p. 49-85, 2013. https://doi.org/10.1484/J.JML.1.103772

LAKE, Justin. Richer of Saint-Rémi. The Methods and Mentality of a Tenth-Century Historian. Washington: Catholic University of America Press, 2013.

LE GOFF, J. Os Intelectuais na Idade Média. Rio de Janeiro: José Olympio, 2003.

POINSIGNON, Auguste Maurice (tr.). Richeri historiarum quatuor libri. Reims: Pub. de l’Academie de Rheims, 1855.

REYNOLDS, L. D. Texts and Transmission. A Survey of the Latin Classics. Oxford: Oxford University Press, 1983.

SAINT-REMI, Richer di. I quattro libri delle Storie (888-998). Pisa: Edizioni Plus – Pisa University Press, 2008.

SILVEIRA, Verônica da Costa. Identidades Políticas e Políticas Identitárias na Gália Merovíngia e Hispânia Visigoda. 2015. Tese (Doutorado em História) - Programa de Pós-Graduação em História Social, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. p. 252.

TEIXEIRA, I. S. O Intelectual na Idade Média: divergências historiográficas e proposta de análise. Revista Diálogos Mediterrânicos, Curitiba, v. 7, p. 155-173, 2014.

VERGER, Jacques. Homens de saber na Idade Média. Bauru, SP: EDUSC, 1999.

Publicado
2020-07-27
Como Citar
Bassi, R. (2020). Richer de Reims e suas Histórias: a construção narrativa – a estética como instrumento retórico (século X). Veritas (Porto Alegre), 65(2), e37919. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2020.2.37919
Seção
Artigos