Das Unheimliche: uma inquietante hesitação estética

Palavras-chave: inquietante, estética, psicanálise, Teoria Crítica.

Resumo

Este artigo disserta sobre alguns pontos presentes no texto Das Unheimliche (1919), de Sigmund Freud. A partir de uma meta-análise filosófica, procura-se explicitar as intenções não aparentes de Freud com sua análise do termo Unheimliche. Determinadas particularidades da abordagem freudiana são observadas desvendando relações estéticas na construção de sentido do espírito próprio da psicanálise. Uma eventual aproximação dialética com a Teoria Crítica ajudará a identificar, nesse jogo de relações, a importância de conteúdos marginalizados pela história do conhecimento que são revitalizados por Freud.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofia da educação. 3.ª ed. São Paulo: Moderna, 2013.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade e Holocausto. Tradução: Marcus Penchel. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

BORNHEIM, Gerd Alberto. Introdução ao filosofar: o pensamento filosófico em bases existenciais. 11ª. ed. São Paulo: Globo, 2003.

CHAUI, Marilena. Merleau-Ponty: o que as artes ensinam à filosofia. In: HADDOCK-LOBO, Rafael (org.). Os filósofos e a arte. Rio de Janeiro: Rocco, 2010, p. 267-287.

EAGLETON, Terry. A ideologia da estética. Tradução: Mauro Sá Rego Costa. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1993.

FOUCAULT, Michel. O nascimento da clínica. 6. ed. Tradução: Roberto Machado. Rio de Janeiro: Forense, 2004.

FREUD, Sigmund. Obras Completas, v. 13. Tradução: Sergio Tellaroli. São Paulo: Companhia da Letras, 2014.

FREUD, Sigmund. O inquietante. In: FREUD, S. Obras Completas, v. 14. Tradução: Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia da Letras, 2010.

NIETZCHE, Friedrich W. Genealogia da moral. Tradução: Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

ROUANET, Sérgio Paulo. Teoria Crítica e Psicanálise. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2001.

SCHWEPPENHÄUSER, Gerhard. A filosofia moral negativa de Theodor W. Adorno. Educ. Soc., Campinas, v. 24, n. 83, p. 391-415, ago. 2003. https://doi.org/10.1590/S0101-73302003000200004

SOUZA, Ricardo Timm de. Ética do escrever: Kafka, Derrida e a Literatura como crítica da violência. Porto Alegre: Zouk, 2018. p. 218.

SOUZA, Ricardo Timm de. Totalidade e desagregação: sobre as fronteiras do pensamento e suas alternativas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1996.

SOUZA, Paulo César de. As palavras de Freud: o vocabulário freudiano e suas versões. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

WERLE, Marco Aurélio. A contribuição de Herder para a fundamentação da estética. Viso: Cadernos de estética aplicada, [s. l.], v. XII, n. 23, p. 76-93, jul./dez. 2018.https://doi.org/10.22409/1981-4062/v23i/253

Publicado
2020-07-25
Como Citar
dos Santos, M. L. (2020). Das Unheimliche: uma inquietante hesitação estética. Veritas (Porto Alegre), 65(2), e37002. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2020.2.37002
Seção
Artigos