Uma leitura linguística e teológica de Mc 10,46-52

Um itinerário de seguimento iluminado

Palavras-chave: Iluminação, Caminho, Comunidade, Seguimento, Discípulo

Resumo

Este estudo é uma análise do relato de Mc 10,46-52, a cura do cego Bartimeu, o qual cumpre uma função literária no itinerário do conjunto narrativo de Mc 10. A cegueira é o recurso linguístico típico para expressar teologicamente a falta de entendimento da missão de Jesus. Para demonstrar isso, o autor vale-se de uma série elementos linguísticos, que têm função comunicativa e levam seus leitores a compreender o processo de maturação do discipulado. O artigo apresenta a raiz semântica de alguns termos que desempenham uma função comunicativa no relato, tradução, o uso do AT, crítica textual e um ensaio para uma leitura linguística teológica. A análise valoriza o estudo diacrônico, fazendo uma interface com os estudos sincrônicos e análises intertextuais. Ao empregar o termo “ὁδός/caminho”, no início e no fim do texto (vv.46.52), o autor o faz de modo consciente e coerente para marcar e evidenciar esse processo de iluminação, caminho pelo qual deve percorrer todo discípulo. A comunidade acolhe o mandato do Mestre e se torna a grande mediadora, responsável pela condução do percurso que será o itinerário de iluminação para cada seguidor, conforme se percebe na perícope, com seu estilo narrativo próprio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Waldecir Gonzaga, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Doutor em Teologia Bíblica pela Pontificia Università Gregoriana (PUG), em Roma, Itália. Pós-doutorado pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE), em Belo Horizonte, MG, Brasil. Diretor e professor de Teologia Bíblica do Departamento de Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Criador e líder do Grupo de Estudos Análise Retórica Bíblica Semítica, credenciado junto ao CNPq.

Victor Silva Almeida Filho, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Mestre em Teologia com ênfase em Teologia bíblica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em São Paulo, SP, Brasil. Doutorando em Teologia Bíblica na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Referências

ALAND, Barbara et al. (ed.). O Novo testamento grego.5 ed. rev. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, 2019. (Com aparato crítico e introdução em português).

BEALE, Gregory K. Manual do uso do Antigo Testamento no Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 2013.

BEALE, Gregory. K.; CARSON, Donald Arthur. Comentário do uso do Antigo Testamento no Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 2014.

BELLI, Filippo et al. Vetus in Novo: El recurso a la Escritura en el Nuevo Testamento. Madrid: Encuentro, 2006.

BORSE, Udo. Ἰεριχώ. In: BALZ, H.; SCHNEIDER, G. Diccionario exegético del Nuevo Testamento. Salamanca: Sígueme, 1992. v. 1. p. 1955.

CAMELO VELÁSQUEZ, Miguel Antonio; RODRÍGUEZ MORENO, Mary Betty. Bartimeo, otro discipulado en el camino Mc 10,35-52. Anales de Teología, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 235-259, abr. 2007. ISSN 0717-4152. Disponível em: http://revistas.ucsc.cl/index.php/analesteologia/article/view/402. Acesso em: 16 fev. 2022.

CASAS RAMIREZ, Juan Alberto. Encuentro entre dos hijos, el “hijo de Timeo” y el “hijo de David”: aproximación exegética al relato de la curación de Bar Timeo (Mc 10,46-52)., Theologica Xaveriana, Bogotá, n. 182, p. 313-344, 2016.

COLLINS, A’dela Yarbro. Mark. Hermeneia – A Critical and Historical Commentary on the Bible. Minneapolis, MN: Fortress Press, 2007.

DE GRUYTER, W. Konkordanz zum Novum Testamentum Graece. Berlim, Nova York: Institut für Neuentestamentliche Textforschung und vom rechenzentrum der Universitat Münster, 1987.

EVANS, Craig A. Mark 8:27–16:20. Word Biblical Commentary. Nashville: Thomas Nelson Publishers, 2001. v. 34B.

GNILKA, Joachim. Das Evangelium nach Markus. Zürich-Einsiedeln-Köln: Benzinger Verlag, 1979.

GONZAGA, Waldecir. “A Sagrada Escritura, a alma da Sagrada Teologia”. In: MAZZAROLO, Isidoro; FERNANDES, Leonardo Agostini; CORRÊA LIMA, Maria de Lourdes. Exegese, Teologia e Pastoral, relações, tensões e desafios. PUC-Rio/Academia Cristã, Rio de Janeiro/Santo André, 2015. p. 201-235.

GONZAGA, Waldecir; ALMEIDA FILHO, Victor Silva. O uso do Antigo Testamento na Carta de Paulo aos Filipenses. Cuestiones Teológicas, Medelin, v. 47, n. 108, p. 1-18, 2020a. https://doi.org/10.18566/cueteo.v47n108.a01

GONZAGA, Waldecir; ALMEIDA FILHO, Victor Silva, Misericórdia: uma expressão do amor entranhado de Deus. Uma leitura linguística e teológica de Lc 7,11-17. Pesquisas em Teologia, Rio de Janeiro, v. 3, n. 6, p. 285-312, jul./dez. 2020b. https://doi.org/10.46859/PUCRio.Acad.PqTeo.2595-9409.2020v3n6p285.

GONZAGA, Waldecir; BELEM, Doaldo Ferreira. A Vida segundo o Cristo compassivo e misericordioso. Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 37, n. 143, p. 127-143, 2021. https://doi.org/10.54260/eb.v37i143.13.

GONZAGA, Waldecir; MIRANDA, Bruno Guimarães de, Mc 10,46-52: Bartimeu, de mendigo em Jericó a discípulo, Encontros Teológicos, Florianópolis, v. 35, n. 3, set./dez.2020, p. 541-568. https://doi.org/10.46525/ret.v35i3.1630.

GRASSO, Santi. Marco: Nuova versione, introduzione e commento. Milano: Paoline, 2003.

GRILLI, Massimo; GUIDI, Maurizio; OBARA, Elzbieta. Comunicación y pragmática en la exégesis bíblica. Navarra: Verbo Divino, 2018.

GRILLI, Massimo; DORMEYER, Detlev. Palabra de Dios en lenguaje humano. Navarra: Verbo Divino, 2004.

HAHN, Ferdinand. Υἱὸς Δαυίδ. In: BALZ, H.; SCHNEIDER, G. Diccionario exegético del Nuevo Testamento. Salamanca: Sígueme, 1992. p. 1853-1856. v. 2.

HÜBNER, Hans. Τιμαῖος/Τιμάω. In: BALZ, H.; SCHNEIDER, G. Diccionario exegético del Nuevo Testamento. Salamanca: Sígueme, 1992. p. 1750-1752. v. 2.

KONINGS, Johan.; RIBEIRO, Susie Helena. Agenda para o estudo de um texto bíblico. Estudos bíblicos, Vozes: Petrópolis, n. 98, p. 11-32, 2008.

LENTZEN-DEIS, Fritzleo. Comentario al Evangelio de Marcos. Navarra: Verbo Divino, 2017.

LIMA, Maria de Lourdes Correa. Exegese bíblica: teoria e prática. São Paulo: Paulinas, 2014.

MARCUS, Joel. Mark 8–16. The Anchor Yale Bible v. 27A. New Haven: Yale University Press, 2009.

MATEOS, Juan; CAMACHO, Fernando. El Evangelio de Marcos. Análisis linguistico y comentario exegético, vo. III. Barcelona: Helder, 2016.

MENDONÇA, José Tolentino. Método pragmático de interpretação da Bíblia. Didaskalia, v.27, n.2, p. 137-146, jul./dez. 1997.

MEYNET, Roland. Il Vangelo di Marco (RBS 8). Roma: Gregorian & Biblical Press, 2016.

MYERS, Ched. O Evangelho de São Marcos, Grande Comentário Bíblico. São Paulo: Paulinas, 1992.

MORA PAZ, C.; GRILLI, M.; DILLMANN, R. Lectura pragmalingüística de la Biblia. Navarra: Verbo Divino, 1999.

NESTLE-ALAND. Novum Testamentum graece. 28. ed. Stuttgart: Deutsche Bibelgesellschaft, 2012.

PÉREZ MILLOS, Samuel. Marcos. Comentario Exegético ao texto griego del Nuevo Testamento. Barcelona: CLIE, 2014.

PUJOLS DE LEÓN, Jeovann y Milcíades. La compasión de Jesús en Mc 10,46-52, Facultad de Teología; Bogotá, 2018.

RADL, Walter. ἱμάτιον. In: BALZ, H.; SCHNEIDER, G. Diccionario exegético del Nuevo Testamento. Salamanca: Sígueme, 1992. p. 1994-1996. v. 1.

RADL, Walter. Πρὸς. In: BALZ, H.; SCHNEIDER, G. Diccionario exegético del Nuevo Testamento. Salamanca: Sígueme, 1992. p. 1156-1159. v .2.

RADL, Walter. Φωνέω. In: BALZ, H.; SCHNEIDER, G. Diccionario exegético del Nuevo Testamento. Salamanca: Sígueme, 1992. p. 2017-2018. v. 2.

RIENECKER, Fritz; ROGERS, Cleon. Chave linguística do Novo Testamento Grego. São Paulo: Vida Nova, 1988.

ROBERTSON, A. W. El Antiguo Testamento en el Nuevo. Buenos Aires: Nueva creación, 1996.

SILVA, Cassio Murilo Dias da. Metodologia de exegese bíblica. São Paulo: Paulinas, 2000.

SILVA, Cassio Murilo Dias da. Aprenda a enxergar com o cego Bartimeu, ou, Por que é necessário um método para ler a Bíblia? Estudos bíblicos, Petrópolis, n. 98, p. 33-45, 2008.

STANDAERT, Benoît. Marco. Vangelo di una notte, vangelo per la vita. Commentario, Testi e Commenti. Bologna: EDB, 2012.

WILLIAMSON JR., Lamar. Marco. Torino: Claudiniana, 2004.

VÖLKEL, Martin. Ὁδός. In: BALZ, H.; SCHNEIDER, G. Diccionario exegético del Nuevo Testamento. Salamanca: Sígueme, 1992. p. 472-477. v. 2.

Publicado
2022-09-16