Pertença, Estereótipo e Cisão - rudimentos de fronteiras

Um recorte hermenêutico, a partir da formação do Judaísmo Primitivo

Palavras-chave: Judaítas, Estrangeiros, Fronteira, Neemias, Identidade

Resumo

Este breve artigo, têm como objetivo discorrer sobre elementos constituintes de identidades que geram e criam fronteiras, mediante processos dicotômicos, concepções binárias e discursos de transformações, mudanças, originalidade e liberação parcial do sagrado. Para esse fim, nossa análise se valerá de aspectos sociológicos, filosóficos e hermenêuticos. A análise que aqui faremos, trata-se de um recorte interpretativo, a partir das chamadas “memórias de Neemias” e sua importância no processo de formação da identidade da nova comunidade judaíta, que culminou no surgimento do Judaísmo Primitivo. Dentre outras possibilidades, destacamos três elementos característicos e presentes na concepção e formação dessa nova identidade, a saber: a ficção de pertença, estereótipos e rupturas (cisão). Concluímos que nos processos de formação da identidade de grupos religiosos, duas frentes são indispensáveis: (1) o próprio elemento religioso e; (2) o elemento político.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Omar João da Silva, Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), São Bernardo do Campo, SP, Brasil

Mestre e doutorando em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP).

Referências

BERGER, Peter L.; LUCKMAN, Thomas. A Construção Social da Realidade: tratado de Sociologia do Conhecimento. 22. ed. Tradução de FERNANDES, Floriano de Souza. Petrópolis: Ed. Vozes, 2002.

BHABHA, Homi K. O Local da Cultura. Tradução de ÁVILA, Myriam, REIS, Eliane Lourenço de Lima e GONÇALVES, Gláucia Remate. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1998.

BÍBLIA. Português. Bíblia de Jerusalém. São Paulo: Ed. Paulus, 2002.

DA SILVA, Omar João. Intensificação dos conflitos religiosos, étnicos e sociais na reconstrução do muro da Jerusalém de Neemias (Ne 2,1-10). 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) -- Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião, Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2018. https://doi.org/10.34024/pensata.2012.v1.9301

DESROCHE, Henri. Sociologia da Esperança. São Paulo: Ed. Paulinas, 1985.

DORFMAN, Adriana. A Cultura do contrabando e a fronteira como um lugar de memória. Disponível em: http://unbral.nuvem.ufrgs.br/base/items/show/743. Acesso em: 9 out. 2019.

DROEBER, Julia. The Dynamics of Coexixtence in the Middle East. Negoatiating Boundaries Between Christians, Muslims, Jews and Samaritans. London-New York: I. B. Taurus, 2014. https://doi.org/10.5040/9780755608225

FINKELSTEIN, Israel. Jerusalem in the Persian (and Early Hellenistic) Period and the wall of Nehemiah. JSOT, 2008. Disponível em: http://jsot.sagpub.com/. Acesso em: 10 dez. 2016.

FINKELSTEIN, Israel. Archaeology and the list of returnees in the books of Ezra and Nehemiah. Disponível em: https://israelfinkelstein.files.wordpress.com/2013/07/list-ofreturnees-peq-2008.pdf/. Acesso em: 20 ago. 2016.

HENSEL, Benedikt. The Chronicler’s Polemics towards the Samarian YHWH Worshippers: A Fresh Approach. Disponível em: https://doi.org/10.1515/9783110617306-003. Acesso em: 10 jan. 2019. https://doi.org/10.1515/9783110617306-003

HJELM, Ingrid. Samaritans. 2016. Disponível em https://www.oxfordhandbooks.com/view/10.1093/oxfordhb/9780199699445.001.0001/oxfordhb9780199699445-e-24. Acesso em: 02 ago. 2019. https://doi.org/10.1093/oxfordhb/9780199699445.013.24

LIPSCHITS, Oded. The Fall and Rise of Jerusalem. Winona Lake, Indiana: Eisenbrauns, 2005. https://doi.org/10.5325/j.ctv1bxh5fd

LIPSCHITS, Oded; KNOPPERS, Gary N.; ALBERTZ, Rainer (ed.). Judah and Judeans in the Fourth Century B.C.E. Winona Lake, Indiana: Eisenbrauns, 2007.

MENDONÇA, Antônio Gouvêa. A experiência religiosa e a institucionalização da religião. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-

&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 13 nov. 2019.

MÜLLER, Karla M.; GERZSON, Vera R. S.; EFROM, Bianca. Interconexões de fronteiras culturais: entre o local e o organizacional. Disponível em: http://docplayer.com.br/47284293-Interconexoes-de-fronteiras-culturaisentre-o-local-e-o-organizacional-acm-acj-fronteira. html. Acesso em: 09 out. 2019.

SCHORCH, Stefan. The Construction of Samari(t) an Identity from the Inside and from the Outside. In: ALBERTZ, Rainer; WÖHRLE (ed.). Between Cooperation and Hostility. Multiple Identities in Ancient Judaism and the Interaction with Foreign Powers. Götingen: Vandenhoeck & Ruprecht GmbH & Co, KG, 2013. p. 135-147. https://doi.org/10.13109/9783666550515.135

SCHORCH, Stefan. The Origin of the Samaritan Community. In: MAJEWICZ, Alfred F. (ed.); GACA, Maciej; MAJEWICZ, Elzbieta (assist. ed.). Linguistic and Oriental Studies from Poznan. Vol.7. Poznan: Adam Mickiewicz University Institute of Oriental Studies, [2005].

Publicado
2020-12-23
Seção
Artigos