COVID-19 e saúde mental

Fatores associados à depressão, ansiedade e estresse em uma comunidade universitária

Palavras-chave: covid-19, universidades, distanciamento físico, sofrimento psicológico, saúde mental

Resumo

A pandemia de COVID-19 e as medidas de distanciamento social trouxeram implicações psicossociais para toda a comunidade universitária. Diante disso, o objetivo deste estudo é identificar fatores associados a sinais de ansiedade, depressão e estresse em uma comunidade universitária em regime de distanciamento social, durante a emergência sanitária. Por meio de estudo observacional de corte transversal com caráter quantitativo exploratório, realizado entre abril e maio de 2020, com uso da Escala de Depressão, Ansiedade e Estresse (DASS-21), foi obtida amostra on-line de 1.796 indivíduos. Os resultados de regressão quasi-Poisson demonstram que histórico de distúrbio mental, piora do estado emocional e dificuldades financeiras estão associados a altos escores dos três desfechos. Ainda, praticar atividade que proporciona bem-estar e possuir computador em casa estão associados negativamente a escores altos de depressão. Assim, mudanças do ensino presencial para o remoto podem ter implicações negativas na saúde mental de comunidades universitárias. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cremildo João Baptista, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Coxim, MS, Brasil.

Doutor em Saúde Coletiva pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, BA, Brasil. Professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Coxim, MS, Brasil.

Heliete Feitosa de Matos, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Coxim, MS, Brasil.

Acadêmica de Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Coxim, MS, Brasil.

Luiza Karen Lopes Vieira, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Coxim, MS, Brasil.

Acadêmica de Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Coxim, MS, Brasil.

Luiz Gustavo Zanchett de Mendonça, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Coxim, MS, Brasil.

Acadêmico de Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Coxim, MS, Brasil.

Wilson Rayzel Barroso, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Coxim, MS, Brasil.

Acadêmico de Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Coxim, MS, Brasil.

Alberto Mesaque Martins, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande, MS, Brasil.

Doutor em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte, MG, Brasil. Professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, MS, Brasil.

Referências

Aquino, E. M. L., Silveira, I. H., Pescarini, J., Aquino, R., Souza-Filho, J. A. (2020). Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: Potenciais impactos e desafios no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 25, 2423-2446. https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.1.10502020

Ariño, D. O., & Bardagi, M. P. (2018). Relação entre fatores acadêmicos e a saúde mental de estudantes universitários. Psicologia & Pesquisa, 12(3), 44-52. http://dx.doi.org/10.24879/2018001200300544

Chandratre, S. (2020). Medical Students and COVID-19: Challenges and supportive strategies. Journal of Medical Education and Curricular Development, 7, 1-2. http://doi.org.br/10.1177/2382120520935059

Chang, J., Yuan, Y., & Wang, D (2020). Mental health status and its influencing factors among college students during the epidemic of COVID-19. Journal of Southern Medical University, 40(2): 171-176. http://dx.doi.org/10.12122/j.issn.1673-4254.2020.02.06

Costa, D. S., Medeiros, N., Cordeiro, R. A., Frutuoso, E. S., Lopes, J. M., & Moreira, S. M. T. (2020). Sintomas de depressão, ansiedade e estresse em estudantes de medicina e estratégias institucionais de enfrentamento. Revista Brasileira de Educação Médica, 44(1), e040. https://doi.org/10.1590/1981-5271v44.1-20190069

Costa, L. S., Ximenes, B. C., Dutra, J. C. A., Fonseca, J. V. C., & Martins, A. M. (2021). Religiosidade e espiritualidade no enfrentamento à pandemia de COVID-19: Uma revisão integrativa. Revista de Psicologia da IMED, 1(1), e055.

Crepaldi, M. A., Schmidt, B., Noal, D.S., Bolza, S. D. A., & Gabarra, L. N. (2020). Terminalidade, morte e luto na pandemia de COVID-19: Demandas psicológicas emergentes e implicações práticas. Estudos de Psicologia (Campinas), 37(1), e200090, 2020. https://doi.org/10.1590/1982-0275202037e200090

Duarte, M., Silva, D., & Bagatini, M. M. (2020). Nursing and mental health: A reflection in the midst of the coronavirus pandemic. Revista Gaúcha de Enfermagem, 42(esp), e20200140. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200140

Feng, Y., Zong, M., Yang, Z., Gu, W., Dong, D. & Qiao, Z. (2020). When altruists cannot help: The influence of altruism on the mental health of university students during the COVID-19 pandemic. Globalization and Health, 16(61), 1-8. https://doi.org/10.1186/s12992-020-00587-y

Garvey, A. M., García, I. J., Otal-Franco, S. H., Fernández, C. M. (2021) The psychological impact of strict and prolonged confinement on business students during the COVID-19 pandemic at a Spanish university. International journal of environmental research and public health, 18(4), 1710. https://doi.org/10.3390/ijerph18041710

Gili, M., López-Navarro, E., Castro, A., Homar, C., Navarro, C., García-Toro, M., García-Campayo, J., & Roca, M. (2016). Gender differences in mental health during the economic crisis. Psicothema, 28(4), 407-413. https://doi.org/10.7334/psicothema2015.288

Gonçalves, A. M., Teixeira, M. T., Gama, J. R., Lopes, C. S., Silva, G. A., Gamarra, C. J., Duque, K. C., & Machado, M. L. (2018). Prevalence of depression and associated factors in women covered by Family Health Strategy, Jornal Brasileiro de Psiquiatria, 67(2), 101-109. https://doi.org/10.1590/0047-2085000000192

Gundim, V. A., Encarnação, J. P., Santos, F. C., Santos, J. E., Vasconcellos, E. A., & Souza, R. C. (2021). Saúde mental de estudantes universitários durante a pandemia de COVID-19. Revista Baiana de Enfermagem, 35, e37293. http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v35.37293

Harris, T., Yang Z., Hardin, J. W. (2012). Modeling underdispersed count data with generalized Poisson regression. The Stata Journal, 12(4). 736-747. https://doi.org/10.1177/1536867X1201200412

Li, H. Y., Cao, H., Leung, D. Y., & Mak, Y. (2020). The psychological impacts of a COVID-19 outbreak on college students in China: A longitudinal study. International Journal of Environmental Research and Public Health, 17(11), 1-11. https://doi.org/10.3390/ijerph17113933

Lovibond, S., & Lovibond, P. (1995). Manual for the depression, anxiety, stress scales. Recuperado em 10 de outubro de 2020, de http://www2.psy.unsw.edu.au/dass

Malta, D. C., Szwarcwald, C. L., Barros, M. B., Gomes, C. S., Machado, I. E., Souza Júnior, P. R. B. (2020). A pandemia da COVID-19 e as mudanças no estilo de vida dos brasileiros adultos: Um estudo transversal, 2020. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 29(4), e2020407. https://doi.org/10.1590/S1679-49742020000400026

Maia, B. R., & Dias, P. C. (2020). Ansiedade, depressão e estresse em estudantes universitários: Oimpacto da COVID-19. Estudos de Psicologia (Campinas), 37, e2000672020. https://doi.org/10.1590/1982-0275202037e200067

Marelli, S., Castelnuovo, A., Somma, A., Castronovo, V., Mombelli, S., Bottoni, D., Leitner, C., Fossati, A., & Strambi, L. (2020). Impact of COVID-19 lockdown on sleep quality in university students and administration staff. Journal Neurology, 11, 1-8. http://doi.org/10.1007/s00415-020-10056-6

Mechili, E. A., Saliaj, A., Kamberi, F., Girvalaki, C., Peto, E., Patelarou, A. E., & Patelarou, E. (2020). Is the mental health of young students and their family members affected during the quarantine period? Evidence from the COVID‐19 pandemic in Albania. Journal of Psychiatric and Mental Health Nursing, 28(3), 317-325. http://dx.doi.org/10.1111/jpm.12672

Mishra P., Pandey C. M., Singh U., Keshri A., Sabaretnam M. (2019) Selection of appropriate statistical methods for data analysis. Ann Card Anaesth, 22(3), 297-301. https://doi.org/10.4103/aca.ACA_248_18

Monteiro, S. A., Yoshimoto, E., & Ribeiro, P. (2020). A produção acadêmica sobre a questão da violência contra a mulher na emergência da pandemia da COVID-19 em decorrência do isolamento social. DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação, 22(1), 152-170. https://doi.org/10.30715/doxa.v22i1.13976

Odriozola-González, P., Planchuelo-Gómez, Irurtia, M. J., & Luis-García, R. (2020). Psychological effects of the COVID-19 outbreak and lockdown among students and workers of a Spanish university. Psychiatry Research, 290, 113108. https://doi.org/10.1016/j.psychres.2020.113108

Oliveira, A. C., Lucas, T. C., & Iquiapaza R. A. (2020). O que a pandemia da COVID-19 tem nos ensinado sobre adoção de medidas de precaução? Texto & Contexto - Enfermagem, 29, 1-15. https://doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2020-0106

Organização Pan-Americana de Saúde. (2021). Folha informativa sobre COVID-19. Recuperado em 17 julho de 2021, de https://www.paho.org/pt/covid19

Padovani, R. C., Neufeld, C. B., Maltoni, J., Barbosa, L. N. F., Souza, W. F., Cavalcanti, H. A. F., & Lameu, J. N. (2014). Vulnerabilidade e bem-estar psicológicos do estudante universitário. Revista Brasileira de Terapias Cognitivas, 10(1), 1-9. http://dx.doi.org/10.5935/1808-5687.20140002

Ramos, G. M. G., Lopes, L. G. (2021). Avaliação do consumo de álcool por acadêmicos de uma universidade do noroeste do Paraná em tempos de pandemia COVID-19. Recuperado em 10 de junho de 2021, de http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7342

Rodrigues, B. B., Cardoso, R. R., Peres, C. H., & Marques, F. F. (2020) Aprendendo com o imprevisível: Saúde mental dos universitários e educação médica na pandemia de COVID-19. Revista Brasileira de Educação Médica, 44, 2020. https://doi.org/10.1590/1981-5271v44.supl.1-20200404

Sahu, P. (2020). Closure of universities due to coronavirus disease 2019 (COVID-19): Impact on education and mental health of students and academic staff. Cureus, 12(4), e7541. https://doi.org/10.7759/cureus.7541

Santos, G. M. R. F., Silva, M. E.; & Belmonte, B. R. (2021). COVID-19: Emergency remote teaching and university professors’ mental health. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, 21(sup.1): s237-s243. https://doi.org/10.1590/1806-9304202100

Schmidt, B., Crepaldi, M. A., Bolze, S. D. A., Neiva-Silva, L., & Demenech, L. M. (2020). Impactos na saúde mental e intervenções psicológicas diante da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Estudos de Psicologia (Campinas), 37, e200063. https://doi.org/10.1590/1982-0275202037e200063

Silva, M. H., Raoul, M. D., & Cabrero, D. R. (2020). Análise sobre risco e vulnerabilidade à COVID-19 no estado de Mato Grosso do Sul. Hygeia – Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, n.esp., 164-174. https://doi.org/10.14393/Hygeia0054402

Silva, A. F., Estela, F. M., Lima, N. S., & Abreu, C. T. A. (2020). Saúde mental de docentes universitários em tempos de pandemia. Physis: revista de saúde coletiva, 30(2), e300216. https://doi.org/10.1590/S0103-73312020300216

Souza, A. S., Souza, G. F., Souza, G. A. Cordeiro, A. L., Praciano, G. A., Alves, A. C., Santos, A. C., Silva Junior, J. R., & Souza, M. B. (2021). Factors associated with stress, anxiety, and depression during social distancing in Brazil. Revista de Saúde Pública, 55(5), 1-15, 2021. https://doi.org/10.11606/s1518-8787.2021055003152

Torres, A. G, Nolasco, L., Oliveira, M. G., & Martins, A. M. (2021). COVID-19 e a saúde mental de universitários: Revisão integrativa internacional. Psicologia Saúde e Doenças, 1(1), 1-25.

Umucu, E., & Lee, B. (2020). Examining the impact of COVID-19 on stress and coping strategies in individuals with disabilities and chronic conditions. American Psychologist, 1-13. http://doi.org/10.1037/rep0000328

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. (2020). COVID-19: Como a Coalizão Global de Educação da UNESCO está lidando com a maior interrupção da aprendizagem da história. Recuperado em 10 de julho de 2021, de https://pt.unesco.org/news/covid-19-como-coalizao-global-educacao-da-unesco-esta-lidando-com-maior-interrupcao-da

van de Velde, S., Bracke, P., Levecque, K. (2010). Diferenças de gênero na depressão em 23 países europeus: Variação nacional na diferença de gênero na depressão. Ciências sociais e medicina, 71(2), 305-313. https://doi.org/10.1016/j.socscimed.2010.03.035

Vieira, P. R., Garcia, L. P., & Maciel, E. L. N. (2020). Isolamento social e o aumento da violência doméstica: O que isso nos revela? Revista Brasileira de Epidemiologia, 23, E200033. https://doi.org/10.1590/1980-549720200033

Vignola, R., & Tucci, A. (2014). Adaptation and validation of the Depression Anxiety and Stress Scale (DASS) to Brazilian Portuguese. Journal of Affective Disorders, 155, 104-109. http://doi.org/10.1016/j.jad.2013.10.031

Wang, Z-H., Yang, H-L., Yang, Y-Q., Liu, D., Li, Z-H., Zhang, X-R., Zhang, Y-J., Shen, D., Chen, P-L., Song, W-Q., Wang, X-M., Wu, X-B., Yang, X-F., && Mao, C. (2020). Prevalence of anxiety and depression symptom, and the demands for psychological knowledge and interventions in college students during COVID-19 epidemic: A large cross-sectional study. Journal of Affective Disorders, 275, 188-193. http://doi.org/10.1016/j.jad.2020.06.034

Publicado
2022-09-21
Como Citar
Baptista, C. J., Matos, H. F. de, Vieira, L. K. L., Mendonça, L. G. Z. de, Barroso, W. R., & Martins, A. M. (2022). COVID-19 e saúde mental: Fatores associados à depressão, ansiedade e estresse em uma comunidade universitária. Psico, 53(1), e41359. https://doi.org/10.15448/1980-8623.2022.1.41359