Por uma outra narrativa: jornalismo e micro-história em A mulher que alimentava

Palavras-chave: Eliane Brum. Micro-história. Jornalismo.

Resumo

O corrente estudo é resultado de investigação em desenvolvimento no doutorado. Nessa direção, promove-se no artigo o diálogo entre a metodologia micro-histórica e a prática jornalística de Eliane Brum, tendo-se a reportagem “A mulher que alimentava”, presente no livro O olho da rua, como catalisadora da análise. Ao adotar um percurso epistemológico a partir das margens, nota-se que os acontecimentos e fatos assumem uma dimensão social e cultural contraposta aos valores legitimados pela história social dominante. A micro-história volta-se, desse modo, para a compreensão problemática do particular. Nesse sentido, o objetivo é entender como o detalhe individual aponta para fragmentos de experiências, permitindo o acesso a lógicas sociais e culturais dos sujeitos subalternos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Marocco, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS

Doutora em Periodismo y Ciencias de La Comunicación pelo Universitat Autònoma de Barcelona - UAB, Espanha (2002). Pesquisadora e professora da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), São Leopoldo, Brasil.

Francisco Aquinei Timóteo Queirós, Universidade Federal do Acre, Acre

Doutor em Ciências da Comunicação (Unisinos). Mestre em Letras: Linguagem e Identidade (Ufac). Professor Adjunto (nível 2) do curso de Jornalismo da Universidade Federal do Acre (Ufac). Editor da Revista Tropos: Comunicação, Sociedade e Cultura (ISSN 2358-212X)

Referências

ALSINA, Miquel Rodrigo. A construção da notícia. Tradução de Jacob A. Pierce. Petrópolis: Vozes, 2009.

BORRAT, Héctor. Necesidad y riesgo de las fuentes. In: BORRAT, Héctor; FONTCUBERTA, Mar de (org.). Periódicos: sistemas complejos, narradores em interación. Buenos Aires: La Crujía, 2006.

BRUM, Eliane. Eu sou uma escutadeira: entrevista com Eliane Brum. In: MAROCCO, Beatriz. O jornalista e a prática: entrevistas. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2012.

BRUM, Eliane. A menina quebrada e outras histórias de Eliane Brum. Porto Alegre: Arquipélago Editorial, 2013.

BRUM, Eliane. Meus desacontecimentos: a história da minha vida com as palavras. São Paulo: LeYa, 2014.

BRUM, Eliane. Eliane Brum e a arte da escuta. Revista Em Questão, Porto Alegre, n. 1, v. 17, jan./dez. 2011. Entrevista concedida a Agnes Francine de Carvalho Mariano. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/15047. Acesso em: 20 dez. 2017.

BRUM, Eliane. O filho possível. Revista Época, São Paulo, 9 abr. 2010. Disponível em: http://elianebrum.com/reportagens/o-filho-possivel/. Acesso em: 20 jul. 2018.

FONTCUBERTA, Mar de. El periódico en una sociedad compleja. In: BORRAT, Héctor; FONTCUBERTA, Mar de (org.). Periódicos: sistemas complejos, narradores em interación. Buenos Aires: La Crujía, 2006.

GANS, Herbert. Deciding What’s News: a study of CBS Evening News, NBC Nightly News, News, Newsweek and Time. New York: Pantheon Books, 1979. https://doi.org/10.2307/1955692

GINZBURG, Carlo; PONI, Carlo. O nome e o como: troca desigual e mercado historiográfico. In: GINZBURG, Carlo; PONI, Carlo; CASTELNUOVO, Enrico (org.). A micro-história e outros ensaios. Trad. de António Narino. Rio de Janeiro: Difel-Bertrand Brasil, 1991.

GINZBURG, Carlo. O fio e os rastros. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

GOBBI, Maria Cristina; KONDLATSCH, Rafael. A relação do jornalista com as fontes de informação na era digital. Revista Estudos de Jornalismo, [S. l.], n. 7, dez. 2017. ISSN 2182-7044. Disponível em: http://www.revistaej.sopcom.pt/ficheiros/20180201-ej7_2017.pdf. Acesso em: 10 jan. 2018.

LEVI, Giovanni. Micro-história e história da imigração. In: VENDRAME, Maíra Ines et al. (org.). Micro-história, trajetórias e imigração. São Leopoldo: Oikos, 2015. Disponível em: http://oikoseditora.com.br/files/Micro-Hist%C3%B3ria%20-%20E-BOOK.pdf. Acesso em: 30 maio 2016. https://doi.org/10.4013/htu.2016.203.04

LIMA, Henrique Espada. A micro-história: escalas, indícios e singularidades. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

MAROCCO, Beatriz. Ações de resistência no jornalismo: Livro de repórter. Florianópolis: Insular, 2016.

RESENDE, Fernando. Narrativas e conflito afro-muçulmano no Brasil: cultura e luta por desejos e poderes. Revista Matrizes, São Paulo, v. 8, n. 1, jan./jun. 2014. Disponível em: http://www.matrizes.usp.br/index.php/matrizes/article/view/311/pdf. Acesso em: 19 fev. 2019.

REVEL, Jacques. Microanálisis y construcción de lo social. In: REVEL, Jacques (org.). Juegos de escalas: experiencias de microanálisis. San Martín: Universidad Nacional de General San Martín, 2015. https://doi.org/10.21840/siic/144544

SANTOS, Andréa Cristiana. A contribuição da micro- história para o campo da comunicação: uma abordagem historiográfica a partir da trajetória de homens comuns. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 37., 2014, Foz do Iguaçu. Anais [...]. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2014/resumos/R9-2443-1.pdf. Acesso em: 19 fev. 2019. https://doi.org/10.11606/d.27.2017.tde-05092017-095727

SILVA, Marcia Veiga da. Trajetórias de vida e práticas jornalísticas afeitas à alteridade: a inclusão da subjetividade na subversão dos modos de objetivação do jornalismo. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISADORES EM JORNALISMO, 16., 2018, Morumbi. Anais [...]. Disponível em: http://sbpjor.org.br/congresso/index.php/sbpjor/sbpjor2018/paper/viewFile/1344/900. Acesso em: 28 jan. 2019. https://doi.org/10.20873/uft.2447-4266.2018v4n1p398

SILVA, Leonardo Santana da. Carlo Ginzburg: o conceito de circularidade cultural e sua aplicação nos estudos sobre a música popular brasileira. Revista Augustus, Bonsucesso, v. 22, n. 43, jan./ jun. 2017. Disponível em: http://apl.unisuam.edu.br/revistas/index.php/revistaaugustus/article/view/19811896.2017v22n43p72. Acesso em: 20 jan. 2019 https://doi.org/10.15202/19811896.2017v-22n43p72

TRAQUINA, Nelson. Teorias do jornalismo: a tribo jornalística – uma comunidade interpretativa transnacional. Florianópolis: Insular, 2013.

VELOSO, Maria do Socorro Furtado; PAVAN, Maria Angela. Jornalismo como tessitura do cotidiano na obra de Eliane Brum. In: FREIRE FILHO, João; COELHO, Maria das Graças Pinto (org.). Jornalismo, Cultura e Sociedade: visões do Brasil contemporâneo. Porto Alegre: Sulina, 2014. https://doi.org/10.17771/pucrio.acad.30845

VENTURA, Mauro de Souza; ABIB, Tayane Aidar. A notícia como desacontecimento: possibilidades de inovação a partir das narrativas de Eliane Brum. Revista Comunicação Midiática, Bauru, n. 3, v. 10, set./dez. 2015. Disponível em: http://www2.faac.unesp.br/comunicacaomidiatica/index.php/comunicacaomidiatica/article/viewArticle/667. Acesso em: 5 jan. 2018.

https://doi.org/10.5007/1984-6924.2016v13n1p56

ZAMIN, Angela. Apresentação. In: MAROCCO, Beatriz. Ações de resistência no jornalismo: livro de repórter. Florianópolis: Insular, 2016.

ZAMIN, Angela. Livros de repórter, saberes de entremeio: relatos jornalísticos sobre a cobertura de conflitos. Estudos em Jornalismo e Mídia, Florianópolis, n. 2, v. 8, jul./dez. 2011. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/jornalismo/article/view/1984-6924.2011v8n2p389. Acesso em: 13 jan. 2017. https://doi.org/10.5007/1984-6924.2011v8n2p389

ZORZAL, Gabriela. Paradigma indiciário e o campo do jornalismo: possíveis aproximações. Revista Sinais, Vitória, n. 15, jun. 2014. ISSN 1981-3988. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/sinais/article/

view/8598/6049. Acesso em: 10 jan. 2018. https://doi.org/10.25067/s.v1i21.16678

Publicado
2020-05-29
Como Citar
Marocco, B., & Queirós, F. A. T. (2020). Por uma outra narrativa: jornalismo e micro-história em A mulher que alimentava. Revista FAMECOS, 27, e34271. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2020.1.34271
Seção
Jornalismo