Arquivo Público Municipal de São Félix como espaço de construção histórica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15448/2178-3748.2022.1.43080

Palavras-chave:

Arquivo Municipal de São Félix, Pesquisa, História

Resumo

O artigo traz um debate do processo de construção da história a partir de fontes do Arquivo Municipal de São Félix. Em síntese, apresentam-se aspectos relacionados às experiências vivenciadas e históricas do município, vida e obra do então responsável pela salvaguarda do acervo, o senhor Oséas Fernando Oliveira de Souza. O diálogo circula em torno dos repositórios no local, com a experiência desenvolvida, realizou-se um estudo que orientasse estudantes no ato de pesquisas com fontes. Destarte, ainda nesta instrução, enfatiza-se o recinto como um espaço de produtividade e uma entidade responsável pela custódia de objetos, de materiais e de tratamento documental. Assim sendo, destaca-se a sua relevância em consultas e pesquisas históricas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Euclides Victorino Silva Afonso, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (CAHL/UFRB), Cachoeira, BA, Brasil.

Mestrando em História da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (CAHL-UFRB), em Cachoeira, BA, Brasil. Pós-graduação em Estudos Africanos e Representação da África pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em Alagoinhas, BA, Brasil. Graduação em Bacharelado em Humanidades e em licenciatura em História pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB-BA), em São Francisco do Conde, BA, Brasil.

Referências

ALMEIDA FILHO, Antônio José de. A pesquisa histórica: teoria, metodologia e historiografia. História da Enfermagem: Revista Eletrônica, Brasília, v. 7, n. 2, p. 381-382, 2016. Disponível em: http://here.abennacional.org.br/here/2a01a.pdf. Acesso em: 12 ago. 2020.

BACELLAR, Carlos. Uso e mau uso dos arquivos. São Paulo: Contexto. 2005.

BEZERRA, Cicero Anderson de Almeida. Memória, História e Manipulação Midiática. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 30. 2019, Recife. Anais [...]. Recife: UFPE, 2019. p. 1-12. Disponível em: https://www.snh2019.anpuh.org/resources/anais/8/1549522011_ARQUIVO_ Memoria, historiaemanipulacaomidiatica.pdf. Acesso em: 13 abr. 2021.

ETCHEVARNE, Carlos; PIMENTEL, Rita. O patrimônio arqueológico da Bahia. Salvador: SEI, 2011. 169 p. Disponível em: http://www.bahiaarqueologica.ufba.br/wp- content/uploads/2013/09/SEP88.pdf> Acesso em: 23 jun. 2020.

FARGE, Arlette. O sabor do Arquivo. 1. ed. São Paulo: Editora Universidade de São Paulo, 2009.

FERREIRA, Marieta de Moraes; FRANCO, Renato. Aprendendo História: Reflexão e Ensino. 2. ed. São Paulo: Editora FGV, 2013.

GALZERANI, Maria Carolina Bovério. Práticas de ensino em projeto de educação patrimonial: a produção de saberes educacionais. Proposições, Campinas, v. 24, n. 1, p. 93-107, 15 abr. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pp/a/JFdFvfGGbWBCgK vM6gsJwrj/abstract/?lang=pt. Acesso em: 24 jun. 2021.

KEITH, Jenkins. História Repensada. 4. ed. Edição. São Paulo: Contexto, 2005.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Editora da UNICAMP, 1990.

LUCA, Tania Regina de. Práticas de Pesquisa em História. São Paulo: Editora Contexto, 2020.

MATOS, Maria Teresa Navarro de Britto; PEREIRA, M. A. D. Institucionalização e Implementação de Arquivos Públicos Municipais: a experiência da Fundação Pedro Calmon - Centro de Memória e Arquivo Público da Bahia. In: CINFORM, 5., 2004, Salvador. Anais [...]. Salvador: EDUFBA, 2004. Disponível em: http://www.cinform-anteriores.ufba.br/v_anais/artigos/mariateresamatos.html#_ftn2. Acesso em: 7 maio 2020.

PRADO, Eliane Mimesse. A importância das fontes documentais para a pesquisa em História da Educação. Intermeio: revista do Programa de Pós-Graduação em Educação, Campo Grande, v. 16, n. 31, p. 124-133, jan./jul. 2010. Disponível em: https://periodicos.ufms.br/index.php/intm/article/view/2444/1601. Acesso em: 30 maio 2021.

PRIORE, Mary del. Fazer história, interrogar documentos e fundar a memória: a importância dos arquivos no cotidiano do historiador. Territórios e Fronteiras: Revista de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, v. 3, n. 1, p. 1-13, jan./jun. 2002. Disponível em: http://ahr.upf.br/download/TextoMaryDelPriore2.pdf. Acesso em: 5 mar. 2020.

SOUZA, Oséas Fernando Oliveira de. História e Memória de São Félix: Cidade e Presépio. Cachoeira: Prontuário Atelier Editorial, 2021.

Downloads

Publicado

2022-08-29

Como Citar

Afonso, E. V. S. (2022). Arquivo Público Municipal de São Félix como espaço de construção histórica. Oficina Do Historiador, 15(1), e43080. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2022.1.43080