Anúncios, escravidão e modernidade: as representações contidas no jornal baturiteense A Ordem, Orgão Conservador

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15448/2178-3748.2022.1.42736

Palavras-chave:

jornal, escravo, modernização

Resumo

O presente artigo insere-se na perspectiva da história local e tem como horizonte propor uma breve análise dos anúncios e avisos expostos no jornal baturiteense A Ordem, orgão conservador. Seus exemplares, disponíveis no site da Biblioteca Nacional Digital Brasil, foram produzidos no final da década de 1970 e início da década seguinte, do século XIX. Através da leitura atenta desses segmentos do jornal, comparando e discutindo os elementos escritos e visuais, amparados por uma bibliografia adequada a esse esforço, nos propomos a analisar, de forma geral, a representação do escravizado exposta em suas folhas, bem como acentuar alguns indícios da incipiente modernização do país, expressas localmente. Essas mudanças, baseadas em um ideário mais próximo ao abolicionismo, ia de encontro à manutenção do regime escravista. Primeiramente, esclarecemos o conceito de “representação”, utilizado em grande medida por Chartier, para posteriormente utilizá-lo como uma ferramenta para refletir em torno da imagem do escravizado nessa região, em seguida, discutimos o que entendemos como os indícios da modernização local. Na conclusão, fizemos um breve apanhado do que analisamos nesse trabalho. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Igo Barbosa Barbosa, Universidade Federal do Ceará (UFC), CE, Brasil.

Licenciado em História e graduado em Humanidades pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), em Redenção CE, Brasil. Mestrando em História pela Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza, CE, Brasil.

Referências

A ORDEM. Baturité: Órgão Conservador, 1879-1880. Disponível em: http://bndigital.bn.br/acervo-digital/ordem/166685. Acesso em. 4 set. 2021.

CALIRI, Jordana Coutinho. Folhas Da Província: A Imprensa Amazonense Durante O Período Imperial (1851-1889). 2014. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2014.

CARVALHO, Alex Lopes de. O conceito de Representações Coletivas segundo Roger Chartier. Diálogos - Revista do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 143-165, 2005.

CARVALHO, Marcus J. M. Liberdade: rotinas e rupturas do escravismo no Recife, 1822-150. 2. ed. Recife: Editora Universitária: UFPE, 2010.

CHARTIER, Roger. A História Cultural: entre práticas e representações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1990.

DIAS, Elainne Cristina Jorge. Retrato Falado: o perfil dos escravos nos anúncios de jornais da Paraíba (1850-1888). 2013. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, 2013.

DIAS, S. de O. As ações de liberdade de escravos na justiça de Mariana 1850-1888. 2010. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2010.

FREIRE, Gilberto. O escravo nos anúncios de jornais brasileiros do século XIX. Apresentação de Alberto da Costa e Silva. 1. ed. São Paulo: Global, 2012.

GOMES, Flávio dos Santos. Uma tradição rebelde: notas sobre os quilombos na capitania do Rio de Janeiro (1625-1818). Afro-Ásia, [S. l.], n. 17, 1996. DOI: 10.9771/aa.v0i17.20854. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/afroasia/article/view/20854. Acesso em: 28 jan. 2022.

KARASCH, Mary. A vida dos escravos no Rio de Janeiro (1808-1850). Tradução de Pedro Maia Soares. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

MACHADO, Maria Helena Pereira Toledo. O plano e o pânico: movimentos sociais na década da abolição. 2. ed. São Paulo: Edusp, 2010.

MENEZES, Anna Waleska Nobre Cunha. O Fenômeno do Bacharelismo à Luz de Gilberto Freyre. Revista Inter-Legere, [S. l.], n. 5, p. 95-107, 2015. Reflexões.

RIBEIRO, Filipe Nicoletti. Império das incertezas política e partidos nas décadas finais da monarquia brasileira (1868-1889). 2015. Dissertação (Mestrado em História Social) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

XAVIER, Roseane. Representação social e ideologia: conceitos intercambiáveis? Psicologia e Sociedade, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 18-47, jul./dez. 2002.

Downloads

Publicado

2022-11-21

Como Citar

Barbosa, I. B. (2022). Anúncios, escravidão e modernidade: as representações contidas no jornal baturiteense A Ordem, Orgão Conservador. Oficina Do Historiador, 15(1), e42736. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2022.1.42736