Contexto e situação-limite em Hannah Arendt

Palavras-chave: Resenha

Resumo

HEBERLEIN, Ann. Arendt: entre o amor e o mal: uma biografia. Tradução de Kristin Lie Garrubo. São Paulo: Companhia das Letras, 2021. 242 p. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jaciel Rossa Valente, Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba, PR, Brasil.

Mestrando em História pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, PR, Brasil; licenciado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba, PR, Brasil. Bolsista pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Brasil. 

Referências

ADLER, Laure. Nos passos de Hannah Arendt. Tradução de Tatiana Salem Levy e Marcelo Jacques. Rio de Janeiro: Record, 2007.

BARROS, José D’Assunção. O campo da história: especialidades e abordagens. 9. ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2013.

COURTINE-DÉMANY, Sylvie. Hannah Arendt. Tradução de Ludovina Figueiredo. Lisboa: Instituto Piaget, 1994.

HEBERLEIN, Ann. Arendt: entre o amor e o mal: uma biografia. Tradução de Kristin Lie Garrubo. São Paulo: Companhia das Letras, 2021. 242 p.

LAFER, Celso. Hannah Arendt: vida e obra. In: LAFER, Celso. Hannah Arendt: pensamento, persuasão e poder. São Paulo: Paz e Terra, 2018. p. 97-120.

MAY, Derwent. Hannah Arendt: a notável pensadora que lançou uma nova luz sobre as crises do século XX. Tradução de Ruy Jungmann. Rio de Janeiro: Casa-Maria Editorial, 1988.

WATSON, David. Hannah Arendt. Tradução de Luiz Antônio Aguiar e Marisa Sobral. Rio de Janeiro: DIFEL, 2001.

YOUNG-BRUEHL, Elisabeth. Por amor ao mundo: a vida e a obra de Hannah Arendt. Tradução de Antônio Trânsito. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1997.

Publicado
2022-07-11
Como Citar
Valente, J. R. (2022). Contexto e situação-limite em Hannah Arendt. Oficina Do Historiador, 15(1), e41454. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2022.1.41454