Os árabes nos periódicos do Rio Grande do Sul (séculos XIX e XX)

Palavras-chave: Jornais, Imigração, Sírios e libaneses, Rio Grande do Sul

Resumo

O artigo trata da memória da imigração sírio-libanesa no Rio Grande do Sul, a partir da consulta de matérias de jornais publicadas desde o fim do século XIX, bem como de seus descendentes, na atualidade, também recorrendo aos periódicos. Nosso objetivo central é verificar como eles eram e são abordados pela imprensa gaúcha. A pesquisa nos jornais foi aprofundada com a investigação documental em arquivos públicos. Passamos em revista notícias sobre crimes e conflitos, práticas de sociabilidades, levantamos informações gerais sobre seus fracassos e sucessos, além de discorrermos sobre as diferenças existentes dentro do grupo. Biografias, notícias de jornal e obituários são extraídas das folhas dos periódicos para compor este trabalho. Estruturamos a narrativa com base nas interações entre o material jornalístico e a pesquisa em documentos históricos, depositados nos arquivos públicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Julio Bittencourt Francisco, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutor em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, (PUCRS), em Porto Alegre, RS, Brasil; mestre em Memória Social e Documento pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil; especialista em História do Direito no Brasil pela Universidade Estácio de Sá (UNESA), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Docente na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em Porto Alegre, RS, Brasil.'

Referências

A INDEPENDÊNCIA da Syria. Correio do Povo, Porto Alegre, RS, p. 7, 12 de set. 1917.

APERS. (Arquivo Público do Rio Grande do Sul) Processo de cobrança. Jorge Monair X Simão João Curi. Porto Alegre, 1 jan. 1902.

APERS. (Arquivo Público do Rio Grande do Sul) Processo judicial n. 6. Miguel Curi. Porto Alegre, 1 jan. 1903.

APERS. (Arquivo Público do Rio Grande do Sul) Processo judicial. Inventário n. 842. Inventariante: Jorge H. Naamann. Inventariada: Luiza Voges. Porto Alegre, 1 jan. 1916.

APERS. (Arquivo Público do Rio Grande do Sul) Processo judicial. Inventário n. 94. Inventário de Georges H. Naamann. Inventariante: Albertina Naaman. Porto Alegre, 1 jan. 1945.

ANTÔNIO do Carmo Cheuiche. Jornal do Comércio, Porto Alegre, RS, 15 out. 2009. Obituário, p. 8.

ANTÔNIO Sessim Gil. Zero Hora. Porto Alegre, RS, 31 maio 2016. Obituário, p. 32.

A SOCIEDADE Libanesa Fundada Nesta Cidade. O Rebate, Pelotas, RS, p. 2, 12 out. 1917.

ASSASSINATO de um mascate árabe no distrito de Taim. A Federação, Porto Alegre, RS, p. 5, 11 jan. 1890.

ASSASSINADA a mascate árabe Suzana. A Federação, Porto Alegre, RS, p. 6, 5 ago. 1904.

BARTH, Fredrik. Grupos étnicos e suas fronteiras. In: STREIFF-FENART, Jocelyne; POUTIGNAT, Philippe. Teorias da etnicidade. São Paulo: Editora Unesp, 1998. p. 56-76.

BELLINTANI, Adriana. A disputa franco-germânica por influência no Brasil (1920-1930). Examãpaku, Boa Vista, v. 5, n. 1, p. 1-11, 2012. Disponível em: https://revista.ufrr.br/examapaku/article/view/1227. Acesso em: 6 jun. 2021.

BIOGRAFIA de Naaman. VS Jornal, São Leopoldo, RS, 5 maio 2013. As Ruas de São Leopoldo, p. 3.

CHEGARAM aqui os Srs. Cezar Lakah E Marbam Bey. Correio do Povo, Porto Alegre, RS, p. 3, 17 set. 1917.

CHEGUHEM, Sonia. Quaraí histórico “I”. Quaraí: [s. n.], 1991.

ELIAS Dabdab. Zero Hora, Porto Alegre, RS, 20 fev. 2016. Obituário, p. 22.

FERSAN, Eliane. Les immigrés syro-libanais au Brésil de 1920 a 1926: perception du corps consulaire français. Beiruth: Notre Dame University, 2005.

FUAD Abdalla Nader Jornal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 17 jun. 2013. Obituário, p. 21.

FRANCISCO, Julio Bittencourt. Dos Cedros aos Pampas: memória da imigração. Sírios e libaneses no Sul do Brasil. Curitiba: Brazil Publishing, 2020.

FRANCISCO, Julio Bittencourt. Festas, danças, família e rememorações: sírios e libaneses em Porto Alegre. In: RAMOS, Eloísa Helena; ARENT, Isabel Cristina; WITT, Marco Antônio (org.) Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014. p. 765-789.

FRANCISCO, Julio Bittencourt. Sírios e libaneses no Rio de Janeiro: trajetórias coletivas e escolhas individuais. 2005. Dissertação (Mestrado em Memória Social e Documento) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro (UNIRIO), 2005.

GRANDE Conflicto. Correio do Povo, Porto Alegre, RS, p. 7, ed. matinal, 13 jan. 1898.

HAJJAR, Claude. Imigração árabe: 100 anos de reflexão. São Paulo: Ícone, 1985.

HEINZ, Flávio M. História social de elites. 6. ed. São Leopoldo: Oikos, 2011.

HERRLEIN JR., Ronaldo A transição capitalista no Rio Grande do Sul. Economia e Sociedade, Campinas, v. 13, n. 1, p. 175-207, jun./jul. 2004.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Anuário estatístico do Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 1996. v. 56.

JORGE Japur. Zero Hora, Porto Alegre, RS, 10 jun. 2003. Obituário, p. 24.

JOSÉ Asmuz. Zero Hora, Porto Alegre, RS, 1º ago. 2016. Obituário, p. 25.

KNOWLTON, Clarck. Sírios e libaneses: mobilidade social e espacial. São Paulo: Anhembi, 1961.

LACAZ, Carlos da Silva. Médicos sírios e libaneses do passado: trajetória em busca de uma nova pátria. São Paulo: Almed, 1982.

LAMARÃO, Sérgio T. Niemayer. A dimensão nacional do processo imigratório dos sírios e libaneses no Brasil: os patrícios no Nordeste. In: JARDIM, Denise Fagundes; OLIVEIRA, Marco Aurélio Machado de. (org.). Os árabes e suas Américas. Corumbá: Editora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, 2007. p. 234-251.

LESSER, Jeffrey. A negociação da identidade. São Paulo: Edusp, 2001.

MARTINI, Cyro. A cidade risonha de Aquiles Porto Alegre: Porto Alegre Séc. XIX. Porto Alegre: Martins Livreiro, 2013.

MOCCELIN, Mia Clara. Trajetórias em rede: representações da italianidade entre empresários e intelectuais na região de Caxias do Sul. 2008. Tese (Doutorado em ciências Sociais) – Faculdade de Ciências Sociais, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

NAGIB Stella Elias. Zero Hora, Porto Alegre, RS, 1º jul. 2016. Obituário, p. 26.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História, São Paulo, SP, v. 10, p. 7-28, dez. 1993.

ODDONE, Juan. La formación del Uruguay moderno. EUDEBA. Buenos Aires, 1966.

ORNELLAS, Manoelito de. Gaúchos e beduínos: origens étnicas e a formação social do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Martins Livreiro, 1999.

PIMENTEL, Valderez Cavalcante. A aculturação do imigrante sírio no Piauí. Teresina: Projeto Petrônio Portela, 1986.

PITTS JR., Montie Bryan. Forging ethnic identity through faith: religion and the Syrian-Lebanese community in São Paulo. 2006. Thesis (Graduate in Latin American Studies) – Faculty of the Graduate School, Vanderbilt University, Nashville, 2006.

QUEBRA-QUEBRA em Buenos Aires. A Federação, Porto Alegre, RS, p. 4, ed. 230-1, 29 set. 1914. Disponível em: http://bndigital.bn.gov.br/hemeroteca-digital. Acesso em: 2 dez. 2020.

QUINHENTOS indivíduos de nacionalidade árabe. A Federação, Porto Alegre, RS, p. 3, 29 set. 1914.

ROSA, Carla Rosane Silveira da. Primeiros imigrantes sírios e libaneses na cidade de Pelotas: final do século XIX e início do século XX. 2005. Monografia (Especialização em História do Brasil) – Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2005.

RIGON, Roni. Kalil Sehbe: Ícone da elegância em vestir, transformou a indústria têxtil em Caxias do Sul. O Pioneiro, Caxias do Sul, RS, 21 abr. 2017. Disponível em: http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/cultura-e-tendencias/noticia/2017/04/icone-da elegancia-em-vestir-kalil-sehbe-transformou-a-industria-textil-em-caxias 9776547.html. Acesso em: 12 dez. 2021.

SAINT-HILARE, A. Viagem ao Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Martins Editor, 1987.

SEMMLER, Jonathan; DAROS, Cristina A construção discursiva do obituário brasileiro no jornal Folha de São Paulo. Fórum linguístico, Florianópolis, v. 15, n. 2, p. 3001-3016, abr./jul. 2018.

TRUZZI, Osvaldo. Patrícios: Sírios e libaneses em São Paulo. São Paulo: Hucitec, 1997.

TRUZZI, Osvaldo. Sírios e libaneses e seus descendentes na sociedade paulista. In: FAUSTO, Bóris. Fazer a América: a imigração em massa para América Latina. São Paulo: Edusp, 1999. p. 215-241.

VINHOSA, Francisco Luiz Teixeira. O Brasil e a Primeira Guerra Mundial: A Diplomacia Brasileira e as Grandes Potências. Rio de Janeiro: BIBLIEX, 2015. 286 p.

ZAMBERLAM, Jurandir et al. Desafios das migrações: buscando caminhos. Porto Alegre: CIBAI Migrações, 2009.

Publicado
2022-03-09
Como Citar
Francisco, J. B. (2022). Os árabes nos periódicos do Rio Grande do Sul (séculos XIX e XX). Oficina Do Historiador, 15(1), e39662. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2022.1.39662