As três (3) transformações históricas e políticas da Renamo e a causa interna da Guerra Civil em Moçambique

Palavras-chave: Renamo, Moçambique, Frelimo, Marxismo, Guerrilha

Resumo

O presente artigo tem como objetivo detalhar as três transformações da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) como um movimento da guerrilha e adesão da população para o movimento da Guerrilha como forma de recuperar sua identidade. Também, explicar-se-á nesse artigo os períodos das transformações políticas e estratégicas da Renamo desde 1976 a 1992. Contudo, a Renamo é um movimento de guerrilha fundada em 1976 e começou as suas incursões armadas em 1977 na província de Manica e Sofala após a independência de Moçambique, com discurso virado na luta contra o marxismo-leninista que o país atravessava na época.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celestino Taperero Fernando, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutorando em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Bolsista do CNPq.

Referências

CAHEN, Michel. État et pouvoir populaire au Mozambique. Politique Africaine. Paris, Karthala, 1985.

CAHEN, Michel; MENDONÇA, Fátima. Resistência Nacional Moçambicana. Geschichte, 1994.

CONSTITUIÇÃO da República Popular de Moçambique de 20 de junho de 1975. Impressa Nacional de Moçambique, 1975.

COULON, Christian. Les dynamiques de l’ethnicité en Afrique noire. In: BIRNBAUM, Pierre (dir.). Sociologie desnationalismes. Paris: PUF, 1997. (Coll. “Sociologies”).

CRUZ, D. Para onde vai angola: a selvajaria apocalíptica onde toda perversidade é real. Luanda, Angola: edições Mulemba, 2008. Vol. I.

ESTATUTOS DA RENAMO. Renamo, 1989.

FLORÊNCIO, Fernando. Cristian Geffray e a Antropologia da Guerra. Ainda a propósito de lá cause dês armes au Mozambique Etnográfica. Revista do Centro de Estudo em Antropologia, n. 2, v. VL, nov. 2002.

FOUCAULT, Michel. O corpo utópico, as heterotopias. São Paulo: n-1 Edições, 2013.

GEFFRAY, Cristian. A causa das armas, antropologia da guerra contemporânea em Moçambique. 1991.

HONIGMANN, John. “Tribe”, A dictionary of the social sciences. Glencoe, Free press, 1964.

JORNAL LUSA DA RTP em 05 junho, 2015, 10:50.

MERCIER, Paul. Remarques sur la signification du ‘’tribalisme actuel’’ en Afrique noire. Cahiers internationaux de sociologie, Paris, PUF, XXI, jul.-dez., 1961

MILL, John Stuart. Considerações sobre o governo representativo. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1981

MOIANE, José. Memórias de um Guerrilheiro. Maputo: King Ngungunhane Institute, 2009.

MSABAHA, Ibrahim S. R.; SHAW, Timothy M. Confrontation and liberation in southern Africa: regional directions after the Nkomati Accord. Westview Press, Boulder, Colorado, 1987.

NGOENHA, S. Elias. Filosofia africana: das independências às liberdades. Maputo: Ed. Paulistas, 1994.

OLIVEIRA P. Renamo: Uma descida ao coração das trevas. Lisboa: Europress, 2006.

PACHINUAPA, R.; LIPHOLA, M.; Tiago, P. Moçambique: 40 anos de independência e soberania. Maputo: Nachingwea Editores, 2015.

PAREDES, Marçal de Menezes. A construção da identidade nacional moçambicana no pós- independência: sua complexidade e alguns problemas de pesquisa. Anos 90, Porto Alegre, v. 21, n. 40, 2014. https://doi.org/10.22456/1983-201X.46176

PINTO, Jaime Nogueira. Jogos dos africanos. Lisboa, 1994.

ROESCH O. Is Renamo a Popular Movement in Mozambique? Southern African Review of Books, dez. 1989.

ROBINSON, David Alexander. Curse on the land: a history of the Mozambican civil war. 2006.

SARTORI, G. Parties and Party Systems: A framework for Analysis. Cambridge: Cambridge University Press, 1976.

STV. Entrevista ao Afonso Dlhakama como presidente da RENAMO, 2014.

TORELLY, M. Almanaque para 1949: primeiro semestre. Ed. fac-sim. São Paulo: Studioma: Arquivo do Estado, 1991.

VINES, Alex. No Democracy Without Money: The Road to Peace in Mozambique 1982-1992. Catholic Institute for International Relations, 1994.

VINES, Alex. Renamo: From Terrorism to Democracy in Mozambique? London: James Currey, 1996.

Publicado
2020-07-15
Como Citar
Taperero Fernando, C. (2020). As três (3) transformações históricas e políticas da Renamo e a causa interna da Guerra Civil em Moçambique. Oficina Do Historiador, 13(2), e34509. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2020.2.34509
Seção
Artigos