A violência da palavra em ausência no processo discursivo de representação das mulheres: uma análise do Projeto de Lei n. 01-00352/2019

Palavras-chave: Discurso, Representação, Enunciado, Gnosiologismo, Monologismo

Resumo

A partir do campo epistemológico do Círculo de Bakhtin, Medviédev e Volóchinov – CBMV, doravante –, em diálogo com aspectos da filosofia foucaultiana, almejamos, aqui, estabelecer uma análise dos processos discursivos de representação das mulheres no Projeto de Lei n. 01-00352/2019 da Câmara Municipal de São Paulo, pelo qual se instauram atos simbólicos de violência contra a autonomia e contra o corpo da figura feminina, à qual, consequentemente, não se concede margem para representar-se pela sua própria voz. Para realizá-lo, nos fundaremos, preferencialmente, nos conceitos de palavra em ausência, de enunciado, de arquitetônica, de dialogismo, de gnosiologismo e de monologismo de Mikhail Bakhtin (2010, 2011, 2017, 2019), articulando-nos, quando necessário, no interior dos domínios filosóficos de Michel Foucault (1999, 2002) para, assim, compreender certas faces dos fenômenos discursivos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Luiz de Castro Dias, Universidade Federal de Lavras (UFLA), Lavras, MG

Graduando em Letras pela Universidade Federal de Lavras (UFLA, Lavras, MG, Brasil).

Marina Alvarenga Botelho, Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ), São João Del-Rei, MG

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Lavras (UFLA, Lavras, MG, Brasil), professora da Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ) em São João Del-Rei, MG, Brasil.

Marco Antonio Villarta-Neder, Universidade Federal de Lavras (UFLA), Lavras, MG

Doutor em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP, Araraquara, SP, Brasil), professor da Universidade Federal de Lavras (UFLA) em Lavras, MG, Brasil.

Referências

BAKHTIN, M. Fragmentos dos anos 1970-1971. In: BAKHTIN, M. Notas sobre literatura, cultura e ciências humanas. Organização, tradução, posfácio e notas de Paulo Bezerra. São Paulo/SP: 34, 2017, p. 21-56.

BAKHTIN, M. O autor e a personagem na atividade estética. In: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal.

Tradução de Paulo Bezerra. 6. ed. São Paulo/SP: WMF Martins Fontes, 2011, p. 3-186.

BAKHTIN, M. O homem ao espelho: apontamentos de 1940. São Carlos/SP: Pedro e João Editores, 2019.

BAKHTIN, M. Para uma filosofia do ato responsável. Tradução de Valdemir Miotello e Carlos Alberto Faraco. São Carlos/SP: Pedro & João Editores, 2010.

BRASIL. CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Código de ética profissional do Psicólogo. 2005. Disponível em: https://site.cfp.org.br/documentos/confira-o-novo-codigo-de-etica-profissional-do-psicologo/. Acesso em: 14 ago. 2019.

FOUCAULT, M. A ordem do discurso. 5. ed. São Paulo/ SP: Edições Loyola, 1999.

FOUCAULT, M. A verdade e as formas jurídicas. 3. ed. Rio de Janeiro/RJ: NAU Editora, 2002.

FOUCAULT, M. História da loucura. São Paulo/SP: Editora Perspectiva, 1978.

FOUCAULT, M. História da sexualidade: a vontade de saber. Rio de Janeiro/RJ: Edições Graal, 1988.

GRILLO, S.; AMÉRICO, E. Glossário. In: VOLÓCHINOV, V. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução, notas e glossário de Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo. São Paulo/SP: 34, 2017. p. 353-367.

MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. CÂMARA MUNICIPAL. Projeto de Lei 01-00352/2019. Cria medidas de apoio à mulher gestante e à preservação da vida na rede municipal de saúde. Disponível em: http://documentacao.saopaulo.sp.leg.br/iah/fulltext/projeto/PL0352-2019.pdf. Acesso em: 16 ago. 2019.

PONZIO, A.; CALEFATO, P.; PETRILLI, S. Fundamentos de filosofia da linguagem. Tradução de Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis: Vozes, 2007.

SOBRAL, A. A estética em Bakhtin (literatura, poética e estética). In: DE PAULA, L.; STAFUZZA, G. (org.). Círculo de Bakhtin: teoria inclassificável. Série Bakhtin: Inclassificável, v. 1. Campinas/SP: Mercado de Letras, 2010, p. 53-88.

SOUZA, J. A elite do atraso: da escravidão à Lava Jato. Rio de Janeiro: Leya, 2017.

TELES, M. Breve história do feminismo no Brasil. São Paulo: Brasiliense. 1993.

VOLÓCHINOV, V. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução, notas e glossário de Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo. São Paulo/SP: 34, 2017.

VOLÓCHINOV, V. A palavra na vida e a palavra na poesia: ensaios, artigos, resenhas e poemas. Organização, tradução, ensaio introdutório e notas de Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo. São Paulo/SP: 34, 2019.

Publicado
2020-03-25
Como Citar
Dias, F. L. de C., Botelho, M. A., & Villarta-Neder, M. A. (2020). A violência da palavra em ausência no processo discursivo de representação das mulheres: uma análise do Projeto de Lei n. 01-00352/2019. Letrônica, 13(2), e36243. https://doi.org/10.15448/1984-4301.2020.2.36243