Lembrar e conhecer em Memory

A Self-Referential Account

Palavras-chave: Jordi Fernández, Memória, Epistemologia contemporânea, Metafísica contemporânea

Resumo

Memory: A Self-Referential Account foi lançado em 2019 pelo autor Jordi Fernández. O texto nos oferece um relato bastante claro e complexo sobre a natureza da faculdade mnemônica enquanto fenômeno epistêmico. Nesta resenha apresentamos em linhas gerais o percurso argumentativo de Jordi Fernández. Desta maneira o leitor tem um acesso prévio aos conceitos considerados como chaves para a compreensão da filosofia da memória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vitor Rodrigues de Almeida, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil.

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em Santa Maria, RS, Brasil. Acadêmico em Filosofia bacharelado e mestrando em Filosofia pela mesma universidade.

Referências

BERNECKER, S. Memory: A Philosophical Study. Oxford: Oxford University Press, 2010.

BERNECKER, S.; GRUNDMANN, T. Knowledge from Forgetting. Philosophy and Phenomenological Research, [S. I.], v. 98, p. 525-540, 2019.

BERNECKER, S. Memory: A Self-Referential Account. In: Notre Dame Philosophical Reviews. Indiana, 19 mar. 2020. Disponível em: https://ndpr.nd.edu/reviews/memory-a-self-referential-account. Acesso em: jul. 2020.

LACKEY, J. Memory as a generative epistemic source. Philosophy and Phenomenological Research, Rhode Island, v. 70, p. 636-658, 2005.

FERNÁNDEZ, J. Memory: A Self-Referential Account. Nova Iorque: Oxford University Press, 2019.

Publicado
2021-12-31
Como Citar
Almeida, V. R. de. (2021). Lembrar e conhecer em Memory: A Self-Referential Account. Intuitio, 14(2), e38673. https://doi.org/10.15448/1983-4012.2021.2.38673
Seção
Resenhas