Suas e trabalho profissional

Frágeis gritos e muitos sussurros

Palavras-chave: Trabalho em equipe, Trabalho em equipe no Suas, Assistente social no SUAS

Resumo

Este artigo se ocupa do significado da ação interprofissional no âmbito da atenção à população na efetivação de uma política social. Tem por objetivo identificar se o desempenho de uma profissão, no trabalho em equipe, destaca o poder exercido por essa profissão sobre outras, e se distancia da articulação interprofissional para alcance do objetivo comum: o direito do cidadão. Para exame empírico da questão refere-se a enquete realizada durante pandemia da COVID-19 e pesquisas realizadas pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Seguridade e Assistência Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (NEPSAS/PUC-SP).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aldaiza Sposati, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, SP, Brasil.

Doutora em Serviço Social pelo Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em São Paulo, SP, Brasil; docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Seguridade e Assistência Social (NEPSAS), na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em São Paulo, SP, Brasil.

Referências

CAMPOS, Gastão Wagner de Souza. Uma política de pessoal para o SUS-Brasil: Contribuição para o Debate do Abrascão. Revista Ensaios e Diálogos em Saúde Coletiva da ABRASCO, Rio de Janeiro, n. 4, p. 4-8, nov. 2017. Trabalho apresentado no 2.º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Disponível em: https://www.abrasco.org.br/site/revistas/ensaios-dialogos-em-saude-coletiva/ensaios-dialogos-em-saude-coletiva-numero-5/32076. Acesso em: 21 abr. 2021.

PACHECO, Mavi. Assistência social e vanguardas do Serviço Social na era neoliberal. Revista Argumentum Argum, Vitória, v. 8, n. 2, p. 35-50, maio/ago. 2016.

PIRES, Flavia Cristina Gomes. A função vigilância socioassistencial no SUAS. 2016. Tese (Doutorado em Serviço Social) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.

SAMPAIO, Simone S; FARIA, Natalia de; GARCIA, Flavia de B. Souza; GOMES, Fernanda Marcela T. O que disseram as/os assistentes sociais sobre: “que desafios a conjuntura da COVID-19 apresenta ao seu cotidiano profissional?”. In: Comitê SUAS /COVID-19. Santa Catarina, 2020. Disponível em: https://suassccovid19.files.wordpress.com/2020/07/artigo_enquete.pdf. Acesso em: 21 abr. 2021.

SPOSATI, Aldaiza (org.). SUAS e Proteção Social na Pandemia COVID-19 – Nota técnica do NEPSAS. São Carlos: Pedro & João Editores, 2020. Disponível em: https://cisama.sc.gov.br/assets/uploads/23b57-nota-tecnica-agosto.pdf. Acesso em: 5 set. 2020.

SPOSATI, Aldaiza (coord.). Gestão municipal do Suas: desigualdade no financiamento, despesas e força de trabalho. Brasília: Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social, 2014. E-book (826 p.). ISBN-978-85-86894-25-1.

Publicado
2021-06-01
Como Citar
Sposati, A. (2021). Suas e trabalho profissional: Frágeis gritos e muitos sussurros. Textos & Contextos (Porto Alegre), 20(1), e39301. https://doi.org/10.15448/1677-9509.2021.1.39301
Seção
Artigos e Ensaios