Neoliberalismo, democracia e políticas sociais

Paradoxos de uma barbárie

Palavras-chave: Neoliberalismo, Democracia, Políticas sociais

Resumo

O presente artigo tem por objetivo fazer uma análise da atual superestrutura, marcadamente neoliberal, de sustentáculo do corrente modelo de acumulação capitalista e suas implicações na democracia liberal burguesa e nos direitos humanos básicos, expressos em liberdades básicas, materializados em direitos de cidadania em cada país. Trata-se de um artigo resultante de pesquisa teórica, com metodologia qualitativa e escolha intencional de literatura de suporte. Conclui-se que esse projeto societário neoliberal e neoconservador que forma a atual nova direita colide, convive, (re)significa e esvazia a democracia e os que podem ou não ser considerados cidadãos e ter garantidos os seus direitos humanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Talita Kelly de Sousa Passos, Universidade Federal do Piauí (UFPI), Teresina, PI, Brasil.

Doutoranda em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina, PI, Brasil. Assistente Social da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), em Teresina, PI, Brasil.

Solange Maria Teixeira, Universidade Federal do Piauí (UFPI), Teresina, PI, Brasil.

Doutora em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em São Luís, MA, Brasil; com pós-doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em São Paulo, SP. Professora Associada e Coordenadora da Pós-Graduação em Políticas Públicas na Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina, PI, Brasil.

Referências

ANDERSON, P. Balanço do Neoliberalismo. In: SADER, E; GENTILI, P. (org.). Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o Estado democrático. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995. p. 9-23.

BEHRING, E. R; BOSCHETTI, I. Política Social: fundamentos e história. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

BROWN, W. Nas ruínas do neoliberalismo: a ascensão da política antidemocrática no ocidente. São Paulo: Editora Filosófica Politeia, 2019.

CHAUÍ, M. O que é a nova “ultradireita”? Outras mídias. 2019. Disponível em: https://outraspalavras.net/outrasmidias/marilena-chaui-o-que-e-a-nova-ultradireita. Acesso em: 17 out. 2019.

DAGNINO, E. Construção democrática, neoliberalismo e participação: os dilemas da confluência perversa. Política & Sociedade, Campinas, n. 5, p. 139-164, out. 2004,

DARDOT, P.; LAVAL, C. A nova razão do mundo: ensaio sobre a sociedade neoliberal. 1. ed. São Paulo: Boitempo, 2016.

FALEIROS, V. P. A política social do estado capitalista. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

HARVEY, D. O Novo Imperialismo. 8. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2014.

MANDEL, E. A crise do capital: os fatos e sua interpretação marxista. São Paulo: editora da universidade estadual de Campinas, 1990.

MANDEL, E. O capitalismo tardio. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

MARINI, R. M. Dialética da Dependência. In: MARINI, R.; TRANSPADINI, R.; STEDILE, J. P. (org.). Rui Marini – Vida e obra. São Paulo: Expressão popular, 2005. p.137-180.

MÉSZÁROS, I. Para além do capital: rumo a uma teoria da transição. São Paulo: Boitempo, 2011.

MIGUEL, L. F. Democracia e Representação: Territórios em disputa. 1. ed. São Paulo: Editora Unesp, 2014.

NETTO, J. P; BRAZ, M. Economia Política: uma introdução crítica. 2 ed. São Paulo: Cortez, 2007.

PEREIRA, C. P. Proteção Social no Capitalismo: crítica a teorias e ideologias conflitantes. São Paulo: Cortez, 2016.

PIANA, M. C. As políticas sociais no contexto brasileiro: natureza e desenvolvimento. In: PIANA, M. C. A construção do perfil do assistente social no cenário educacional. São Paulo: Editora UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009. p. 20-56.

SANTOS, W. G. A Democracia Impedida: o Brasil no século XXI. Rio de Janeiro: FGC Editora, 2017.

Publicado
2021-07-01
Como Citar
Passos, T. K. de S., & Teixeira, S. M. (2021). Neoliberalismo, democracia e políticas sociais: Paradoxos de uma barbárie. Textos & Contextos (Porto Alegre), 20(1), e37389. https://doi.org/10.15448/1677-9509.2021.1.37389
Seção
Artigos e Ensaios