Desigualdade e diversidade: o fator amazônico no contexto da Política de Assistência Social no Pará

Palavras-chave: Diversidade. Território. Assistência Social. Fator Amazônico.

Resumo

Trata-se da problematização do território a partir do entendimento que ele assume no contexto da discussão no Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Tem como objetivo contribuir para o debate sobre os limites da política de Assistência Social orientada pelo discurso da desigualdade/diversidade, acionando-se a percepção de trabalhadoras/es do SUAS, radicados no Estado do Pará. Concluiu-se que a concepção de território elucidada na Política Nacional de Assistência Social (PNAS) não se realizava no cotidiano institucional, mas se verificou a presença da concepção de território nas práticas das equipes técnicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Cardoso Nascimento, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém, Pará

Assistente Social, graduada pela Universidade Federal do Pará (UFPA), mestrado no Núcleo de Altos Amazônicos (NAEA/UFPA), doutorado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Professora do Programa de Pós Graduação em Serviço Social da Universidade Federal do Pará.

Sandra Helena Ribeiro Cruz, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém, Pará
Doutora em Serviço Social. Professora da Faculdade e do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da UFPA.
Reinaldo Nobre Pontes, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém, Pará
Doutor em Serviço Social. Professor da Faculdade e do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da UFPA.

Referências

ALMEIDA, A. B. W. Solidariedades ameaçadas e a redefinição do serviço público. In: NEVES, R.H. N. et al. (org.). A reinvenção do social: poder popular e política de assistência em Belém. Belém: Paka-Tatu, 2004.

ALMEIDA, A. B. W. Nas bordas das políticas étnicas: os quilombos e as Políticas Sociais. Boletim Informativo do Núcleo de Estudos sobre Identidades e Relações Étnicas da Universidade Federal de Santa Catarina, v. 2, n. 2, p. 15-44, 2005.

BEHRING, E. R.; BOSCHETTI, I. C. Políticas Sociais: Fundamentos e História. São Paulo: Cortez, 2008.

BELÉM. Diagnóstico Socioterritorial do Município de Belém. Belém: Prefeitura Municipal de Belém, 2015.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil. São Paulo: Saraiva, 2008.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Política Nacional de Assistência Social. Brasília, DF: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, 2004.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Lei nº 12.435, de 6 de julho de 2011. Brasília, DF: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, 2011. Disponível em: http://www.cfess.org.br/arquivos/Lei-12435.pdf. Acesso em: 2 ago. 2018.

BRASIL. Conselho Nacional de Assistência Social. Resolução nº 33, de 12 de dezembro de 2012: aprova a Norma Operacional Básica do Sistema Único de Assistência Social. Brasília, DF: Conselho Nacional de Assistência Social, 2012. Disponível em: http://www.mds.gov.br/cnas/noticias/publicada-hoje-a-nova-norma-operacional-basica-nob-suas-2012. Acesso em: 2 ago. 2018.

CASTRO. E. M. R. Estado e Políticas Públicas na Amazônia em face da Globalização e da Integração de Mercados. In: COELHO, M. C. N. et al. (org.). Estado e políticas públicas na Amazônia: gestão do Desenvolvimento Regional. Belém: UFPA: NAEA, 2001, p. 7-32.

CASTRO, M. G. Políticas públicas por identidades e de ações afirmativas: acessando gênero e raça, na classe, focalizando juventudes. In: NOVAES, R.; VANNUCHI, P. (org.). Juventude e sociedade: trabalho, educação, cultura e participação. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2004, p. 275-302.

COSTA, F. A. Ciência, tecnologia e sociedade na Amazônia: questões para o desenvolvimento sustentável. Belém: UFPA: NAEA, 1998.

COUTINHO, Carlos. Nelson. O estruturalismo e a miséria da razão. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1974.

HÉBETTE. J. Cruzando Fronteiras: 30 anos de estudos do campesinato na Amazônia. Belém: EDUFPA, 2004. v. 1.

KOGA, D. Aproximações sobre o conceito de território e sua relação com a universalidade das políticas sociais. Serviço Social em Revista, Londrina, v. 16, n. 1, p. 30-42, jul./dez. 2013. https://doi.org/10.5433/1679-4842.2013v16n1p30

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo. 2007.

PARÁ. Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas. Anuário de Assistência Social do Estado do Pará. Belém: Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas, 2016.

PARÁ. Secretaria do Estado de Assistência. Plano Estadual de Assistência Social 2012-2015. Belém: Secretaria do Estado de Assistência, 2012. Disponível em: http://www.seas.pa.gov.br/seas/plano-estadual-de-assist%C3%AAncia-social. Acesso em: 13 out. 2016.

PEREIRA, A. P.. Política Social: temas & questões. São Paulo: Cortez, 2009.

RODRIGUES, M. P. Balanço Crítico do SUAS e o Trabalho do/a Assistente Social. In: SEMINÁRIO NACIONAL O TRABALHO DO/A ASSISTENTE SOCIAL NO SUAS, 2009, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: Conselho Federal de Serviço Social, 2009.

ROJAS, B. Por uma política social pública. A luta contra uma assistência social considerada como mero sistema gerencial. Entrevista por João Vitor Santos. Revista IHU, São Leopoldo, 2015. Disponível em: www.ihu.unisinos.br. Acesso em: 2 dez. 2017.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Edusp, 2002.

SANTOS, S. M. Direitos, desigualdade e diversidade. In: BOSCHETTI, I.; BEHRING, E. R.; MIOTO, R. C. T.; SANTOS, S. M. (org.). Política social no capitalismo: tendências contemporâneas. São Paulo: Cortez, 2008.

SILVA, Maria Ozanira da Silva e; LIMA, Valéria Ferreira Santos de Almada. Caracterização Socioeconômica das Regiões, Estados e Municípios Espaços Empíricos da Pesquisa. Maranhão: Mimeo, 2017.

TEXEIRA, J. B. A Amazônia e a interface com o SUAS. In: CRUZ, J. F. da et al. 20 anos da Lei Orgânica de Assistência Social. Brasília, DF: MDS, 2013.

UFPA. Instituto de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Serviço Social. Proposta de doutorado. Belém: UFPA, 2015.

Publicado
2019-12-31
Como Citar
Nascimento, M. C., Cruz, S. H. R., & Pontes, R. N. (2019). Desigualdade e diversidade: o fator amazônico no contexto da Política de Assistência Social no Pará. Textos & Contextos (Porto Alegre), 18(2), e32011. https://doi.org/10.15448/1677-9509.2019.2.32011
Seção
Questão Social e Política de Assistência Social