O Fenômeno População em Situação de Rua Enquanto Fruto do Capitalismo / The Phenomenon Population in Street Situation as a Fruit of Capitalism

  • Verônica Martins Tiengo Universidade Federal do Espírito Santo
Palavras-chave: População em situação de rua, Capitalismo, Superpopulação relativa.

Resumo

Quem é a população em situação de rua? Como vive? Por que e como chegou às ruas? Quais são as suas principais características? Qual a importância do trabalho em sua vida? É fruto da preguiça ou do processo de acumulação capitalista? Neste artigo discutiremos essas questões. Situamos o fenômeno população em situação de rua em seu contexto estrutural, debatemos acerca de seu perfil e indicamos a intrínseca relação entre o modo de produção capitalista e a formação e ampliação da população em situação de rua enquanto parte integrante da superpopulação relativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Verônica Martins Tiengo, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestre em Política Social - UFES

Espeialista em Gestão de Políticas Sociais Públicas e Privadas - Salesiana

Assistente Social- Graduação realizada na UFES

Referências

BOTTI, Nadja Cristiane Lappann et al.Padrão de uso de álcool entre homens adultos em situação de rua de Belo Horizonte. SMAD, Rev. Eletrônica Saúde Mental Álcool Drog. (Ed. port.) [online]. 2010, vol.6, n.spe, pp. 536-555. ISSN 1806-6976

BRASIL. Pesquisa Nacional sobre a população em situação de rua. Ministério de desenvolvimento social e combate à fome, Brasília, abril de 2008.

COSTA, Alderón. Compositor mineiro quer gravar CD. Jornal O Trecheiro: Notícias do povo da rua, São Paulo, p.2, mai. 2004.

ESCOREL, Sarah. Vidas ao léu. Trajetórias de Exclusão Social. Rio de Janeiro: Fiocruz, 1999.

GIORGETTI, Camila. Moradores de rua: Uma questão social? São Paulo: Fapesp, 2006.

MARX, Karl. O Capital. Crítica da economia política: Livro I: o processo de produção do capital. 1ª edição. São Paulo: Boitempo, 2013.

MELO, Tomás Henrique de Azevedo Gomes. A rua e a sociedade: articulações políticas, sociabilidade e a luta por reconhecimento da população em situação de rua. 2011. Dissertação (Mestrado em Antrolopogia Social) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social. Universidade Federal do Paraná, 2011.

MNPR, Movimento Nacional da População em Situação de Rua. Cartilha de formação do Movimento Nacional da População de rua, 2010. Disponível em: http://www.polis.org.br/uploads/887/887.pdf. Acesso em 17/04/2015.

PEREIRA, Camila Potyara. Rua sem saída. Um estudo sobre a relação entre o Estado e a População de Rua de Brasília. 2008. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Programa de Pós-Graduação em Política Social. Universidade de Brasília. 2008.

PEREIRA, Viviane de Souza. População de rua em Juiz de Fora: uma reflexão a partir da questão social. 2007. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Programa de Pós-graduação em Serviço Social, Universidade Federal de Juiz de Fora. 2007.

PRATES, Jane Cruz; PRATES Flávio Cruz ; MACHADO Simone. Populações em situação de rua: os processos de Exclusão e inclusão precária vivenciados por esse segmento. Revista Temporalis, Brasilia (DF), ano 11, n.22, p.191-215, jul./dez. 2011.

QUIROGA, Júnia. 1º Censo e Pesquisa Nacional sobre a População em Situação de Rua. Brasília, 30 de novembro de 2010. Seminário Nacional sobre Direitos e Garantias da População em Situação de Rua Mesa: Perfil da População em Situação de Rua, 2010.

ROSA, Cleisa Moreno Maffei. Vidas de rua. São Paulo: Hucitec: Associação Rede Rua, 2005.

SILVA, Maria Lúcia Lopes. Trabalho e população em situação de rua no Brasil. São Paulo: Cortez, 2009.

SNOW, David; ANDERSON, Leon. Desafortunados: um estudo sobre o povo da rua. Petrópolis: Vozes, 1998.

TOSOLD, Léia; BARBOZA, Rose. "A rua provoca traumas, mas também permite ver a vida de outra maneira". Jornal O Trecheiro: notícias do povo da rua, São Paulo, p.2, out. 2012.

VIEIRA, Maria Antonieta; BEZERRA, Eneida Maria Ramos; ROSA, Cleisa moreno Maffei. População de rua Quem é, Como vive, Como é vista. 3.ed. São Paulo: Hucitec, 2004.

Publicado
2018-08-22
Como Citar
Tiengo, V. M. (2018). O Fenômeno População em Situação de Rua Enquanto Fruto do Capitalismo / The Phenomenon Population in Street Situation as a Fruit of Capitalism. Textos & Contextos (Porto Alegre), 17(1), 138 - 150. https://doi.org/10.15448/1677-9509.2018.1.29403
Seção
Direitos Humanos, Envelhecimento e Rualização