Incursões da propaganda no imaginário: revisitando o brainstorm*

  • Francisco dos Santos UFRGS
  • Ana Taís Martins Portanova Barros UFRGS
Palavras-chave: imaginário, publicidade e propaganda, brainstorm

Resumo

Este trabalho busca refletir sobre as incursões da atividade publicitária no imaginário. O ponto de partida é a noção de que o imaginário é um museu dinâmico de imagens partilhado por toda a humanidade e que essas imagens se manifestam a partir das pulsões do inconsciente antropológico e da situação histórica. No caso da atividade publicitária, o imaginário atua com maior vazão durante o brainstorm, momento em que as ideias emergem. A partir do problema de comunicação traçado pelo planejamento, o processo criativo vai em busca de textos, sons, imagens visuais para a composição dos anúncios. É no processo de associação de ideias que podemos perceber o trajeto da imagem, cuja manifestação simbólica é possível observar nos anúncios. *Trabalho apresentado no GP Publicidade – Epistemologia e Linguagem do XII Encontro dos Grupos de Pesquisa em Comunicação, evento componente do XXXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação.

Biografia do Autor

Francisco dos Santos, UFRGS
Bolsista de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Possui graduação em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Voluntário do Instituto do Bem-Estar, desde 2007. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em PUBLICIDADE E PROPAGANDA, atuando principalmente nos seguintes temas: imaginário, publicidade e propaganda, ecologia e artes.
Ana Taís Martins Portanova Barros, UFRGS
Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1992), mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1998) e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2003). Atualmente é professora da pós-graduação em Comunicação e Informação e da graduação em Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, orientadora de mestrado, atuando principalmente nos seguintes temas: imaginário, fotografia, jornalismo, mito, filosofia da ciência.
Publicado
2013-01-25
Seção
Artigos