Pensar a poesia hoje

Uma análise da crítica literária de Alberto Pucheu perante as discussões teóricas de Theory’s Empire

Palavras-chave: Teoria Literária, Crítica Literária, Alberto Pucheu, Theory’s Empire

Resumo

O presente artigo busca discutir a situação do pensamento crítico brasileiro sobre poesia no século XXI, a partir de uma reflexão teórica suscitada na antologia Theory’s Empire: An Anthology of Dissent (2005), organizada pelos autores Daphne Patai e Will Corral. Nela, os organizadores fazem uma série de considerações sobre o cenário literário atual, indicando o predomínio de determinados fazeres, práticas e pensamentos, entre eles, a prevalência de questões políticas e a valorização do conteúdo frente à estrutura ou à linguagem. Para os teóricos, então, haveria certa estagnação dentro do campo dos estudos literários. Assim, iremos contrastar essa visão com a análise de dois textos: “Uma tese sobre a crítica literária brasileira” em que Alberto Pucheu, poeta e crítico, discute sobre o cenário da crítica literária no Brasil e “Do tempo de Drummond ao (nosso) de Leonardo Gandolfi: da poesia, da pós-poesia e do pós-espanto”, no qual Pucheu efetivamente exerce o trabalho de crítico de poesia. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariane Pereira Rocha, Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), Pedras Brancas, RS, Brasil.

Mestra em Letras, na área de Literatura Comparada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), em Pelotas, RS, Brasil; doutoranda em Letras, com ênfase em Literatura, Cultura e Tradução pela mesma instituição. Professora de Literatura e Língua Portuguesa no Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), Pedras Brancas, RS, Brasil.

Aulus Mandagará Martins, Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pelotas, RS, Brasil.

Doutor em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre, RS, Brasil; mestre em Letras, pela mesma instituição. Professor titular do Centro de Letras e Comunicação da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), em Pelotas, RS, Brasil. 

Referências

ANDRADE, Carlos Drummond de. Poesia completa. Rio de janeiro: Nova fronteira, 2007.

BELLEI, Sérgio. Valor literário depois da Teoria: Derrida, Agamben e os Escritos do Não. Outra travessia, Florianópolis, n. 24, p. 53-70, 2. sem. 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/Outra/article/view/2176-8552.2017n24p53. Acesso em: 1 set. 2021.

DADOS Bibliográficos. In: Alberto Pucheu. [S. I.], 2021. Disponível em: http://www.albertopucheu.com.br/biblio.html. Acesso em: 29 set. 2021.

CUNNINGHAN, Valentine. Theory, What Theory? In: PATAI, Daphne; CORRAL, Will (ed.). Theory’s Empire: An Anthology of Dissent. New York: Columbia University Press, 2005. p. 24-41.

GANDOLFI, Leonardo. A morte de Tony Bennett. Cidade: Lume, 2010.

PATAI, Daphne; CORRAL, Will (org.). Theory’s Empire: An Anthology of Dissent. New York: Columbia University Press, 2005.

PERLOFF, Marjorie. Crisis in the Humanities? Reconfiguring Literary Study for the Twenty-first Century. In: PERLOFF, Marjorie. Differentials: poetry, poetics, pedagogy. Tuscaloosa: The University of Alabama Press, 2004. p. 1-19.

PUCHEU, Alberto. para que poetas em tempos de terrorismos? Rio de Janeiro: Beco do Azougue Editorial, 2017.

PUCHEU, Alberto. Que porra é essa: poesia? Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2018.

PUCHEU, Alberto. A poesia contemporânea. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2014.

SISCAR, Marcos. Figuras da prosa: a ideia da “prosa” como questão de poesia. In: SISCAR, Marcos. De volta ao fim: o “fim das vanguardas” como questão da poesia contemporânea. Rio de Janeiro: 7Letras, 2016.

SICAR, Marcos. Poesia e crise: ensaios sobre a “crise da poesia” como topos da modernidade. Campinas: Editora da Unicamp, 2010.

Publicado
2022-08-24
Como Citar
Rocha, M. P., & Martins, A. M. (2022). Pensar a poesia hoje: Uma análise da crítica literária de Alberto Pucheu perante as discussões teóricas de Theory’s Empire. Letras De Hoje, 57(1), e41880. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2022.1.41880